Posted by : CanasOminous Feb 21, 2013


Support Conversation (Wiki x Glory)
Gênero e Disclaimers: Ação, Ecchi, Nudez, Moléstia, Shounen-ai,
Linguagem acentuada, Agressão, Violência;
Tema: Missão, Rivalidade, e cenas com conteúdo acentuado;
Notas: Este episódio é separado em duas partes, e
previamente ficou conhecido como o "Episódio Banido" FT 24.

Um dos Supports mais bem votados
no The Omascar da Saga Platina!

          Quando Marco voltou à sua consciência notou que estava caído no chão frio de uma cela, mas não sabia ao certo onde estava. Arregalou os olhos ao ver que Mozilla estava jogado no mesmo ambiente hostil com diversos machucados e marcas de soco em seu corpo. Um pouco de sangue lhe escorria pela boca e ele parecia estar completamente debilitado. Marco não entedia por que Mozilla estava em um estado tão lastimável, como poderia um guerreiro poderoso continuar ali caído, derrotado, humilhado?
— Mozilla?! Mozilla!! O que aconteceu com você?
O homem aos poucos foi abrindo seus olhos. Marco deitou-o em seu colo enquanto tentava fazê-lo voltar a si, ele sorriu e segurou no rosto do jovem percebendo que ele estava bem e apenas um pouco ferido.
— Fico feliz que eles tenham te deixado em paz... — disse Mozilla com a voz esgotada.
— Eles quem? O que fizeram com você?!  O que está acontecendo, isso tudo faz parte de uma missão?
— Aqueles idiotas da Pink Anarchy... Eles vieram atrás da Wiki, e estão acabando com tudo que ela preza. A líder dessa guilda já foi uma grande rival da Wiki nos tempos de colégio, nós vivíamos discutindo... Mas a Glory ficou frustrada quando pegou a Wiki dormindo com o namorado dela, fui eu que dei a ideia, mas isso não importa... — disse Mozilla, não escondendo um sorriso vitorioso em sua feição cansada. — Marco, Marco. Por favor, fique bem... Eles virão atrás de você, seja forte... Não deixe essa mulher te corromper... Ela é uma...
Mozilla não terminou de falar, sua cabeça pencou e ele pareceu perder a consciência pelos machucados que recebera em batalha enquanto tentava proteger o amigo. Uma lágrima escorreu do rosto do jovem e abraçou a cabeça do homem contra seu peito, tudo estava acabado. Ele tinha de lutar contra uma das guildas mais poderosas daquele tempo, e ainda por cima, sozinho. Pouco tempo depois os dois Clefairy voltaram, os irmãos Dido e Bonda tinham risadas maliciosas no rosto quando o agarram pelos braços e o chutaram para fora da cela.<
— A rainha da área está te esperando, e é bom fazer o que ela quer, porque a senhorita Glory odeia garotos certinhos como você. Pelo menos é o que dizem aqueles que saem vivos de lá. O show só acaba quando ela se esgota e vai para o próximo — caçoou um deles.
Marco fechou a cara e foi obrigado a deixar Mozilla para trás, mas prometeu voltar e salvá-lo o quanto antes. Os soldados da Pink Anarchy o guiaram por corredores sujos e mal lavados. O que deveria ser o reino de uma rainha linda e poderosa era na verdade um esgoto sem nenhuma estrutura ou atenção. Se as demais guildas almejavam deixar o chão brilhando, eles faziam exatamente ao contrário. Tudo estava um lixo, ninguém importava-se em limpá-lo ou se dava ao menos no dever de tal obrigação. Tudo naquela guilda era uma verdadeira bagunça.
Marco foi chutado para dentro de um vasto salão com as mãos atadas. Do outro lado estava um trono feito de latas de lixo que brilhavam demonstrando a obra magnífica de um trabalho bem reciclado. Se ninguém nos arredores reciclava, eles fariam o contrário. A mulher sentada no trono levantou-se ao ver seu visitante, Marco estava com a cara fechada e seus olhos exalavam fúria e rancor por perder os amigos. A mulher aproximou-se mais, revelando um rebolado sensual e provocativo. Tocou no queixo do garoto e riu.
— Então você é o brinquedinho da Wiki.
— Eu não sou nada de ninguém. Onde estão os meus amigos? O que vocês fizeram com o Vista?!
— Para um simples brinquedo você fala até demais, pensei que a Wiki já teria dado uma lição nessa sua língua — respondeu a mulher de maneira rude.  Me chame de Glory, e digo isso para ouvi-lo gritar meu nome nos próximos minutos. O Cavaleiro Negro já deve ter sido reduzido a pó, e a minha doce e jovem rival está sofrendo uma punição severa nas mãos de meu imediato antes de ir para uma humilhação pública na sequência. Uma vadia como ela deve ficar onde jamais deveria ter saído, do lixo.
Marco sentiu suas veias pulsarem ao ver aquela mulher rancorosa dizer aquelas coisas horríveis de sua amiga em sua frente. Podia ter as mãos presas, mas deu uma rasteira que fez Glory tombar pelo elemento surpresa, mas equilibrando-se a moça esticou suas pernas no ar e chutou a cabeça de Marco derrubando-o no chão com a mesma habilidade. Glory ficou por cima do garoto e rapidamente começou a desabotoar seu colete enquanto tinha um sorriso malicioso no rosto.
— Ora essa, então a Wiki treinou bem o amorzinho dela. Aposto que ela ficaria um pouco frustrada se soubesse que seu adorado tesouro foi tomado por outra mulher — disse Glory, abrindo seu uniforme de enfermeira deixando o par de sutiãs expostos bem na frente de Marco.
O pobre garoto estava indefeso com as mãos para cima e as pernas imobilizadas pelo peso da mulher. Glory retirou completamente o blusão do rapaz e levantou sua saia, sussurrando em seu ouvido de forma sedutora.
— Você gosta de ficar por baixo? Pois eu gosto de assumir o controle.
— De novo, não...
Glory se apressava, mas Marco estendeu o braço e pediu delicadamente:
— Espera!! Espera, espera... Por favor... Eu tenho apenas um pedido.
Glory recuou arqueando uma das sobrancelhas. Marco forçou sua voz ao máximo para utilizar as técnicas que aprendera com Wiki todo esse tempo.
— Por favor, você poderia... tirar a minha luva? ♥
— Oh, mas que garotinho fofo, como é que uma vagabunda como a Wiki conseguiu conquistar esse seu coraçãozinho delicado? Vamos lá, tesouro. Eu posso te fazer feliz — respondeu Glory, mordendo a ponta da luva da mão direita do moreno que, ao retirá-la, esticou os dedos e proferiu:
— Silver Wind.
De sua mão uma leve brisa saiu, mas logo um tornado formou-se no salão varrendo tudo ao redor e transformando o salão do palácio em uma bagunça incontrolada. Glory foi arremessada para longe segurando-se nos pilastres para não ser jogada. O próprio Marco não tinha controle de seu poder, mas agora o vento tomava força e cortava seu rosto como se fossem lâminas.
— Garotinho insolente, agora você irá pagar!! — gritou a mulher.
— Não antes que eu mostre porque a Wiki é a única que pode ficar sentada em cima de mim!!

• • •

         Wiki recebia um tratamento muito mais severo do sub-administrador daquela asquerosa guilda. A moça estava acorrentada até o pescoço, suas mãos eram presas juntas, machucadas pelas correntes que a apertavam, e seus pés eram mantidos da mesma maneira. Estava semi-nua, vestia apenas as roupas de baixo e fora obrigada a ficar de pé obedecendo as ordens de seu senhor. Seu olho esquerdo estava roxo e demonstrava um machucado que uma mulher jamais deveria receber. Em meio a sua indignação deveria aguentar a língua repulsiva do Lickilicky.
— É engraçado, como a Sehorita Glory conseguiu encontrar uma amiga tão sexy? Por que todas vocês são assim, tão... Palpáveis? — disse Felato, lambendo o rosto de Wiki que retribuiu com um empurrão forte de seus braços.
— Você me enoja.
— Vamos lá, pare de bancar a rebelde. Todos conhecem sua reputação, você se oferece para todo mundo, é a puta da Fire Tales e faz o que qualquer um lá dentro deseja. Você não passa de uma vadia.
Wiki deu um chute no rosto do homem, e mesmo com as correntes em seu braço conseguiu virar-se e sufocá-lo por trás.
— Não ouse citar o nome de minha guilda. Nunca. Eu jamais faria mal a nenhum deles, pode me chamar do que quiser, pode me humilhar na frente de uma nação, mas não ouse criticá-los novamente, ou eu te mato.
Felato revidou, a moça voltou a debater-se, mas dessa vez acertou um chute no estômago da criatura que quase vomitou sua refeição. O homem levantou-se indignado, prestes a dar surra na garota. Espancou-a de tal maneira que Wiki sentiu vontade de chorar como há muito não sentia. Onde estava aquela mulher poderosa dos tempos antigos?
Felato abriu o sutiã da garota com força e foi escorregando as mãos enrugadas de maneira tentadora pelos seios da mulher. Wiki teria gemido de prazer, mas estava indignada demais para sentir qualquer coisa, cada vez que se debatia sentia-se mais fraca e indisposta. Jamais deixaria um homem subjugá-la de tal maneira, era humilhante.
— Vamos lá, grite. Quero ouvir essa sua voz meiga gemer o meu nome.
— Vá para o inferno, desgraçado...!
Felato foi mais rude dessa vez ao ir mais adiante nas pernas da mulher. Mesmo que ela estivesse acorrentada o homem usou de seu peso para prendê-la e assim lentamente retirar sua calcinha. Wiki espremeu as pernas envergonhada, nunca deixaria que uma criatura nojenta como aquela fizesse o que bem entendesse com ela. Num ato inesperado aquela asquerosa figura lambeou o lóbulo da orelha da garota que gemeu alto por acidente.
— Eu conheço seu ponto fraco. Seu único ponto fraco!! — riu ele.
Aos poucos sentia sua cabeça enlouquecer e um desejo oculto pedir por mais. Suas pernas não tinham mais forças para combater e ela se deixou dominar.
— Você será minha agora. E depois que eu acabar com você irei atrás de minha rainha, e terei todas as outras fêmeas do mundo. Eu sou um verdadeiro galanteador, e aquelas que não se prostrarem em meus pés serão punidas severamente.
— M-Me ajude... — gemeu Wiki, sentindo imensas dores no rosto pelos socos que levara e todo o seu corpo ser dominado contra sua vontade.
Felato ria, mas sua diversão não durou muito quando uma das paredes de seu quarto explodiu revelando um guerreiro vestido com um véu negro e uma coroa de ferro. Agora realmente ventava, e a misteriosa tempestade criada por Marco transmitia uma sensação sombria de que uma figura realmente mortífera estava revoltada. Vista apenas esticou seu braço revelando um canhão carregado com força total, não estava disposto a perder tempo com vermes e apenas encostou a arma na testa do adversário que se encontrava em uma posição comprometedora.
Sem nenhum sentimento ou receio, Vista atirou a queima roupa.
— Go to hell, you little bastard.
A explosão foi tão grande que o imediato da Pink Anarchy foi arremessado para longe afundando no chão de pedra, Vista partiu como um foguete e agarrando seu rosto esmagou-o contra o concreto com o Bullet Punch. Felato mal se movia, mas Vista ainda ergueu seu corpo e o encarou vendo o medo diante dos olhos amedrontados do homem. O cavaleiro fez um corte em sua barriga e depois lançou-o para fora da torre através de uma parede quebrada. Sua fúria era incontrolável.
Wiki continuava estendida no chão sem conseguir levantar-se, suas roupas estavam todas rasgadas e seu rosto sangrava. Vista arrancou as correntes de aço como se fossem papel. A moça sentiu vergonha por estar naquela situação tão humilhante na frente de alguém que amava tanto. Com seus braços mecânicos Vista segurou-a no colo e cobriu-a com sua capa negra. Os olhos da mulher quase se apagavam, mas Wiki ainda teve forças de olhar firme no rosto do cavaleiro e sorrir sem graça.
— Você sempre me atrapalha nas melhores horas, não é...? — brincou ela.
— Ninguém nesse mundo tem o direito de fazer isto à uma mulher. Não há honra ou respeito para homens que as tratam como algo menor do que rainhas. Você merece, no mínimo, o melhor, ou algo mais decente do que essa figura repugnante que acabei de eliminar. 
Wiki levantou a mão e esticou-a contra o véu negro de Vista. Sentiu que apalpou algo, sentia pele humana e o calor de um rosto maduro com lábios carnudos e feições espantadas com aquele gesto tão inesperado. Em especial, ela sentia aqueles llábios ternos e suaves, o que era uma tentação. A moça sorriu antes de falar:
— Você seria um candidato?
E por fim, desmaiou.

Não demorou para que Vista fosse destruindo cada sala e corredor na guilda dos Pink Anarchy. Ele não se dava ao trabalho de chutar portas, lançava bombas por todo o salão e causava um verdadeiro estrago que um exército inteiro não teria sido capaz de fazer. Membros da facção corriam para todos os lados desesperados, mas coincidentemente iam para o salão. Vista sabia que sua próxima vítima estaria lá.
          Ao aproximar-se do centro do salão, Vista deparou-se com uma linda guerreira da espécie dos Eevees, uma Espeon vestida com roupas que realçavam suas curvas e o rosto sendo coberto por um vestido de seda lilás quase transparente e descaradamente provocante.
          — Eu sou a segunda sub-administradora da Pink Anarchy, o braço direito da senhorita Glory nessa batalha. Meus homens me chamam de Perséfone, a rainha do submundo. Não lhe dou permissão de passar e destruir os planos de vingança de minha senhora, farei com que você caia de joelhos diante de meus pés...! — dizia a Espeon antes de ser interrompida.
           Get out of my way, please — respondeu Vista educadamente, agarrando a mulher e jogando-a pela janela.
No caminho ainda deparou-se com Mozilla que mesmo com tantos machucados parecia ainda ter forças para lutar. O homem tinha muitos hematomas sérios pelo corpo, e mesmo com metade de sua força natural ainda foi capaz de derrubar algumas linhas defensivas do inimigo. Mozilla sentiu-se aliviado ao ver que Vista estava inteiro.
— Ei, grandão. Fico feliz que tenha conseguido dar conta da bomba.
— Devo congratulá-lo por estar acabado? — respondeu Vista de forma grosseira, lutando para manter a linha de controle — Resgatei a Wiki, mas ainda não tive sinais do Marco. Onde aquele moleque desengonçado foi se meter?
— É isso que quero saber, e creio que não sairemos dessa fortaleza desprezível enquanto eu não puder socar a cara daquela maldita da Glory. Ninguém vai mexer com o meu Marco!
Quando Vista e Mozilla foram para o pátio depararam-se com um monumento incrível. Era como um castelo, uma pirâmide que carregava traços dos templos maias. Tinha diversos subníveis, e no centro, uma escadaria inclinada levava até o topo. No andar mais alto estava Glory, com o pobre Marco amarrado em sua frente vestindo apenas uma ceroula amarela.
Wiki parecia compartilhar uma rivalidade tão grande com aquela mulher que suas energias voltaram um último instante para que ali fosse travado um último conflito. Ela continuava vestida apenas pelas roupas de baixo já rasgadas e seu corpo estava todo ensanguentado. Assim que a viu, Glory riu alto e gritou do alto da pirâmide de forma que sua voz ecoasse pelas planícies ao redor.
— Ora essa, a vadiazinha dos Fire Tales decidiu aparecer! — caçoou a enfermeira.
— Eu julguei que você já soubesse reconhecer uma se olhando no espelho todos os dias — respondeu Wiki de tal maneira que a risada no rosto de Glory cessou no mesmo instante.
Wiki e Mozilla ficaram ali, lado a lado. Eles não ligavam de ser observados naquele estado por todos os seus inimigos. Vista manteve a retaguarda da garota, mas sabia que agora aquela era uma rivalidade que apenas os dois poderiam resolver. Glory tinha Marco, e Mozilla o queria de volta. Glory tinha sua honra, e Wiki a queria de volta.
— Então aqui estamos com a equipe de strippers da Fire Tales. Como é bom vê-la novamente, Wiki. Acha que perdeu alguma coisa? — provocou Glory, chutando Marco e prensando o rosto do garoto contra o chão enquanto pisava sobre ele com força.
Wiki mal se moveu, mas Mozilla apertou os punhos e pareceu explodir.
— Pode ficar. Eu arranjo outro — brincou a garota.
— O QUÊ?! Está falando sério?! O Marco é insubstituível, ele é meu!! — gritou Mozilla revoltado.
— Eu estava brincando, bakazão. Ele é meu também, mas eu estava tentando provocar essa maldita e você acabou de estragar meu plano.
          — Nossa. Não fale isso nem de brincadeira, lindona.
Glory arqueou as sobrancelhas, surpresa.
— Hm? Será que vocês inverteram os papéis? Era para ela estar frustrada pelo fato de eu sequestrar o garotinho dela, mas essa me pegou de surpresa — disse Glory com uma risada. — Não importa, eu tenho esse moleque, e acho que eu adoraria ter um serviçal para fazer massagem enquanto estou no salão de beleza. O que acha disso, Marco?
— S-Sua boba...! Se precisava de alguém para isso era só pedir!! — gritou Marco, não captando a mensagem.
— Oh, até para isso é educadinho. Acho que vou ficar com ele — respondeu Glory de maneira ríspida. — Sabe, não consegui obrigá-lo a fazer nada, e tive dificuldades em vencê-lo. Você o treinou bem, Wiki. Ele já está virando um profissional em fugir de mulheres assanhadas como nós duas, mas garanto que ele não será capaz de fugir para sempre. Uma hora ele cairá na rede de alguém.
Mozilla não gostou nada do que ouviu, e lançando um rápido olhar para Wiki os dois pareciam entrar em um consenso. Por algum motivo o rapaz arrancou as roupas rasgadas e ficou vestindo apenas sua roupa de baixo, exatamente como sua parceira. Ambos estavam machucados e furiosos. Mesmo que fossem pessoas diferentes pareciam compartilhar o mesmo intelecto, e marchando de maneira rítmica começaram a subir até onde Glory residia. A mulher arqueou as sobrancelhas e obrigou Marco levantar-se.
— O que acha que podem fazer? Vocês não têm poderes, vocês não têm nada, não passam de meros Pokémons mortais agora! Vocês são piores do que lixo, são a escória desse mundo!! — gritou a enfermeira.
— É claro, eu posso não passar de uma mera vadia agora. Para falar a verdade, não sou nem mesmo isso — respondeu Wiki, não parando de marchar rumo ao topo.
— ...Mas é por isso que não posso deixar as porcarias dos meus arrependimentos me deixarem para baixo. Então lembre-se do meu nome quando eu acabar com a sua cara. — respondeu Mozilla de tal maneira que Glory sentiu seus ossos gelarem.
— ...Uma vadia vive livre como um pássaro que jamais pode ser capturado. Eu não ligo para o que vocês dizem e vou esmagar qualquer um que entre no meu caminho. — continuou Wiki.
Assim que os dois chegaram ao topo eles deram as mãos e encararam sua oponente.
— Lembre-se disso, eu sou Wiki, a vadia — disseram suas vozes em conjunto. — E eu faço o que eu quero fazer.
Quando os dois alcançaram o topo Glory recuou, mas encontrou-se encurralada. Aqueles olhos dourados a dominaram, e num ato impulsivo ela empurrou Marco de cima da imensa pirâmide. Mozilla não teve tempo para pensar duas vez, precisava acabar com aquilo naquele instante. Wiki desejava mais do que tudo socar a cara daquela mulher que a humilhara há pouco. Juntos os dois ergueram seus punhos, um o direito e outro o esquerdo. Seus braços pareceram encontrar-se e transformar-se em um. O soco foi tão forte que mergulhou como um martelo no rosto daquela impertinente mulher que foi arremessada para longe.
Marco caia em uma enorme velocidade, trombando em cada andar do templo. Vista partiu como um foguete e o agarrou impedindo uma queda ainda pior, e mesmo machucado o jovem ainda não conseguia deixar de assustar-se com os conselhos de seu mestre.
— Missões Rank C são uma droga. — comentou Marco ainda traumatizado.
— Todos temos que passar por elas um dia — aconselhou Vista. — ...Mas espero que seja a última, ou da próxima vez faço questão de escrever um resgate para um pobre Mothim amarrado numa jangada no meio do oceano cercado por tubarões esfomeados. Leve isso como um conselho, right?
— S-Sim, senhor...
Vista utilizou de seu impulso para subir até o topo do templo, flutuando com o eletromagnetismo de seus braços de aço. No topo deparou-se com Wiki e Mozilla de mãos dadas, vendo Glory prostrada com as pernas abertas e completamente desacordada. Eles haviam derrotado sua oponente. Marco olhou para Mozilla que retribuiu com um sorriso, mas algo ainda estava errado.
— Vocês não voltaram ao normal... — disse o Mothim espantado.
Wiki olhou para Vista, mas o cavaleiro desconhecia qualquer magia que pudesse desfazer aquele feitiço. Mozilla foi em direção de Marco e tocou em seu ombro.
— Vocês nunca mais poderão voltar ao normal? — perguntou o jovem.
— Bem, você ficaria triste em ter dois amigos novos? — riu Mozilla.
— Não esquenta, podemos testar umas novas posições com mais pessoas! — respondeu Wiki empolgada.
Antes que a conversa se estendesse eles puderam ouvir uma voz cansada da outro lado.
— Um beijo — respondeu Glory ofegante, cuspindo sangue e massageando a região do rosto onde levara o soco. — Vocês só precisam de um beijo para voltarem ao normal, nada demais... Mas é uma escolha que quero lhes dar, lembro que na época do colégio a Wiki comentou que desejava isso certa noite... "Uma vida inteira como pessoas normais, ou voltar a tornar-se um para ser um Guerreiro único." Essa é a escolha de vocês.
— Ora essa, e você nunca esqueceu essa bobeira que eu te disse naquele dia? Pelo visto ainda existe uma certa bondade nesse seu coração de pedra, não é, Glory? Apesar de burra, você continua sendo aquela garota destemida dos tempos de colégio. Adoro isso em você — disse Wiki com um sorriso. — O que acha de nos encontrarmos no quarto como costumávamos fazer, hein?
— Vai pro inferno, galinha.
— Eu também te amo, vaca.
Por fim, Wiki e Mozilla se encararam naquele instante. Uma vida normal como pessoas diferentes, ou eles deveriam voltar a ser tornar um corpo único? Marco olhava esperançoso para os dois, mas não queria tomar partido em sua decisão. Isso era algo que apenas eles poderiam decidir. Mozilla estendeu a mão para a moça e pareceu decidir algo.
— Você ficará bem?
— Acho que nós aprendemos a viver juntos. Fazemos nossas coisas secretas juntos, nos divertimos juntos. Um nunca teve vergonha do outro, por que deveria mudar? — sorriu a garota.
Mozilla abaixou o rosto e olhou para Wiki novamente.
— Um corpo, dois corações. Essa é a nossa maneira.
Eles olharam para Marco que ficou apreensivo ao vê-los se aproximarem, um foi de cada lado, e segurando em seu rosto deram-lhe um beijo suave nas bochechas coradas. 
          — Por que o beijo foi em mim!? — Marco gritou corado.
          Os dois foram cobertos por um brilho intenso que ofuscou a visão de todos ao redor. O fluxo de energia no corpo dos guerreiros se conectaram, e quando eles deram as mãos pareceram juntar-se novamente. A capa de Vista balançava ao vento, quando Marco se tocou pôde ver que em sua frente estava apenas a boa e velha Wiki, vestida de sua maneira convencional e desafiadora. Tinha o sorriso sempre espontâneo da garota e os olhos do rapaz.
— Bem, podemos voltar para a guilda agora? Estou muito cansada e quero terminar de acertar algumas coisas com o Marco.  A pedido do Mozilla — sorriu ela — Só que dessa vez espero que o Vista se junte a nossa festa, não é?
 — Não participo de festas. Não gosto de gente feliz. — respondeu ele.
— Ah, quer parar de bancar o machão? E por sinal, tire logo esse capuz, eu quero ver seu rosto!! Tira ele, Mecha-boy, eu quero ver!!
— NO.
Wiki riu percebendo que teria de deixar aquilo para outra oportunidade.
Foi até Marco e segurou-o no colo, carregando o garoto com a mesma facilidade de um homem. Marco corou um pouco sem graça vendo que Wiki se aproximava muito de seu rosto. Ele esperou por um beijo tentador da mulher, mas assim que  fechou seus olhos percebeu que recebera um beijo na bochecha de Mozilla que agora o encarava e ria.
— Argh!! Você me enganou!! — gritou Marco.
— Todos nós temos nossos planos. Se continuar lá em casa lavando minhas roupas e cozinhando posso te dar outro desses de presente. — riu o homem.
Marco sorriu, acenando com a cabeça ainda que muito acanhado. Os dois preparavam-se para descer e sair da guilda destruída, mas seria uma longa caminhada até a Fire Tales e já escurecia. Vista parou, virou-se para Glory e encarou-a.
— E a propósito, eu trouxe um presentinho — disse o espectro, chacoalhando uma caixinha de metal com um estranho relógio de inúmeros dígitos que rolavam mais rápido que os olhos poderiam manter o controle. — Esse aqui fui eu que fiz, só para vocês aprenderem como se faz uma bomba de verdade. See ya, fools.
Glory arregalou os olhos e deu um salto de cima da pirâmide para reunir seus exércitos restantes e fugir dali o mais depressa possível. Vista agarrou Mozilla e Marco com seu braços de ferro e não esperou nem um segundo, saiu da fortaleza com a velocidade de um torpedo e destruindo tudo feito um tanque de guerra.
Não demorou muito para que logo uma explosão imensa fosse sentida, o castelo móvel da Pink Anarchy e todos os arredores na floresta estavam destruídos pela capacidade nuclear daquela caixinha de bombons. Agora eles teriam de procurar outra base, mas a Fire Tales tinha certeza que não teria problemas com Glory e sua prole tão cedo, enquanto Marco pensaria duas vezes antes de aceitar uma missão de Rank C.

{ 11 comments... read them below or Comment }

  1. MAS MEU DEUS! É o Canas que escreveu isso? Admito que você ficou MUITO ótimo ao escrever esse gênero! Fiquei com os olhos brilhando ao ler! E esse Felato... Me deu tanta raiva quando ele estava abusando da pobre Wiki! Ainda bem que o Vista veio salvar ela! Canas, fiquei fascinado ao ler, continue sempre assim *----* Tente escrever mais esse gênero, ficou ótimo!

    ReplyDelete
  2. Diga ae, Nate! Valeu pela força companheiro, eu sempre curti trabalhar com gêneros assim, mas costumo ficar inquieto pensando na reação do pessoal, afinal, esse aqui é o mais forte por enquanto, mas quem sabe com essa repercussão eu possa ir dando corda e trazendo mais do gênero (: A primeira vez que escrevi um assim foi no FT do Day Care Center, acho que era o número 19, e ainda era algo bem suave e sutil se comparado a esse aqui.

    Eu também curto muito trabalhar com gêneros diferentes, acho que eles são uma forma incrível de prender a atenção do leitor. Normalmente ficamos tão presos ao cotidiano que quando vemos algo novo assim tudo até fica mais agitado kk Fico com pena de minha pobre Wiki, mas ela sabe que quanto mais eu faço essas coisas para ela, mas ela receberá um prêmio incrível no futuro. Acho que agora o Vista já recuperou a honra que tinha perdido numa missão Rank C kk

    Esse episódio em especial já estava comigo há quase dois meses, e só agora consegui postar, mas creio que ficou do jeitinho que eu queria. Valeu pelo comentário ae parceiro, não sei te garantir quando sairá o próximo episódio Ecchi assim, mas aposto que nas Support Conversation é onde esse gênero vai bombar. Abração!

    ReplyDelete
  3. Concordo Canas! Esse Support Conversation vai ser épica em relação a esse gênero. Até o abuso do Hooundom (Acho que é assim que se escreve) em cima da Milady ficou parecendo santinho com o que esse Lickilicky maldito fez com a pobre Wiki. E eu confesso que não gosto muito do casal Wiki e Marco. Acho que fica melhor Marco e Mozilla xD Ah Canas, e por que você não aprofunda mais gêneros nas Support Conversations? Terror, Ficção Científica, e, o que eu mais quero ver, SUSPENSE (Amo suspense *----------------*). Tente isso que aposto que ficará igual a Wiki, uma maravilha (Ba dum Tasss .-.) Abraço aí o/

    ReplyDelete
  4. É exatamente esse o intuito do Support Conversation. Tenho essa preferência por Ecchi porque é um gênero que eu gosto mesmo, mas se a galera mandar ideias interessantes de Suspense ou Ficção Científica eu ficaria feliz em tentar fazer. Meu único episódio de Suspense foi aquele da captura da Glaciallis lá na Saga Pérola, mas isso já faz muito tempo, e mesmo assim continuo adorando aquele episódio (: Nem sei se eu seria capaz de escrever um melhor... Confesso que Terror eu nunca consegui trabalhar, e também não sou nem um pouco chegado no gênero, mas dependendo da ocasião quem sabe eu consigo bolar algo kkkk O tenso é que aposto que depois disso eu ficaria pensando no que eu criei e não conseguiria dormir, sempre dá nisso... Terror é foda...

    Essa cena do Houndour no episódio da Milady foi bem singela, mas acho que sou chegado nessa parada de sempre que uma mulher está em perigo chega um cavaleiro motahafuckin strong pra acabar com a festa dos vilões kkkkk Código de honra dos cavaleiros, nunca faça nada de mal para uma mulher! Vou tentar ir caminhando aos poucos com esses novos gêneros, mas pode ter certeza que uma hora ou outra eles surgirão. Minha última meta agora é Terror mesmo... Acho que é um dos poucos que ainda não trabalhei. Bem, vamos ver no que isso vai dar! kkk Valeu pelas sugestões Nate, até mais!

    ReplyDelete
  5. a glory e a wiki tão parecendo may e dawn, de uma fanfic que eu leio, onde elas tentão se matar pelo amor do ash.kkkkkkk
    ah muito bem feito destruir o castelo da glory!ela não meche mais com os fire tales tão cedo!
    deixar a wiki e mozila separados poderia ser bem melhor para os cap dos fire tales mas tambem seria complicado pro time do luke tipo quem batalha hoje?quem luta na liga pokemon?acho que foi melhor assim.

    até mais!

    ReplyDelete
  6. Como sempre, eu sou Like a Ninja... Eu deveria estar fazendo o badaluque da minha pesquisa história. E ainda estou meio que PROIBIDA de mexer no PC.

    ANYWAY... "Crendeuspai, o Canas-Kun deve ter postado um gazilhão de coisas, e eu aqui, escrevendo umas porcarias sobre o Papa Bento Sei-lá-das-quantas... Quer saber? Dane-se, vou ver AeS." Esse foi meu pensamento.

    Aventuras em Sinnoh, sempre mantendo os jovens ansiosos por novos balacubacos... Mas cara, eu odeio eternamente aquele nojento Lickylick...

    CANAS, PORQUE VOCÊ SEMPRE ME FAZ GOSTAR DE POKÉMONS QUE EU ODIAVA E ODIAR OS QUE EU GOSTAVA? E... Eu tenho uma pergunta. Quando você vai mostrar seu rostinho pra gente, seus limdos fãs dedicados? (LiMdos com M de mentira ;-;)

    Enfim, AMEI! Caracoles, o Vista gosta da Wiki, é um fato declarado que agora não tem como negar. Vista, admit that you, a machine fatally destructive and murderous, fell in love and learned to feel feelings. (ABENÇOADO GOOGLE TRADUTOR XD)

    E eu ainda gostaria de ver o Mozilla Chibi. Deu essa vontade repentina. Sinistro, hein? Mas cara, Glory, sua vagabunda... Quem diria que você ainda pode ter uns sentimentos nesse seu coração de Titânio? (Fãs da Titânia vão chorar agora D_:)

    E ainda quero ver muitos SC... Principalmente de Romance :D

    Sayonara, seu Lindo!

    ReplyDelete
  7. Diga ae, galera. Já tiramos a Pink Anarchy de linha por enquanto, mas há um bocado de guildas que estão dispostas a voltar para derrubar os Fire Tales kkkkk E a Glory não desistirá tão cedo, adoro ela como personagem vilã, ainda quero ver a Wiki enfrentá-la novamente na Saga Platina. Será que conseguimos dar mais importância para ela? Qual é, toda fugira malvada tem seus motivos para ser mal, a Glory só faz isso porque a Wiki também folgou com ela no passado, então foi merecido kk Devo concordar que manter o Mozilla e a Wiki como um único personagem foi uma escolha minha. Já cheguei inclusive a considerar separá-los para sempre, mas no fim isso serviu para percebermos que eles nunca seriam perfeitos se ficassem longe um do outro, o bacana é eles serem um corpo único! Ai os leitores nunca sabem se é a Wiki ou o Mozilla que está dando em cima do Marco kkkk

    Ei Juh, qual é, trabalhos e deveres primeiro! Eu não sou lá o melhor exemplo disso, já fiquei várias vezes escrevendo ao invés de estudar, mas você não tem ideia de como me arrependi disso mais tarde... Bem, mas se você tira boas notas nessa matéria, então já era! Tem gente que vai melhorar em algumas áreas, e eu adorava história, creio que era uma de minhas matérias preferidas (: Ah, e acho que eu já mostrei meu rosto em Sinnoh uma vez... Não é lá essas coisas, sou só um japa paraguaio de jeb jeb mirim kkkkk Acho que eu apareci naquela postagem da BGS, mas sério, é melhor ficar só com meu avatar porque ele é mais legal kkkkkkkkkk Espera, ou você estava falando do Vista?? kkkkkkkkkkkkkk

    Bom, bom... Infelizmente o Chibi do Mozilla terá que ficar para um futuro bem distante. Eu praticamente cancelei a criação de Chibis. É, perdi a inspiração depois da última vez não tive mais vontade de trazer nenhum novo, então logo, logo tirarei o Day Care Center sidebar no topo, ele já trouxe a repercussão que tinha que dar. Quero me focar nos novos personagens e no remake dos antigos, tenho pensado na nova aparência do Mozilla, e posso garantir que ele voltará ainda mais épico! Vou indo nessa então galera, obrigado pelos comments! Ainda temos um boado de Supports para chegar, enquanto aquela listinha não acabar ainda teremos diversão garantida. Abração! (:

    ReplyDelete
  8. Aee esse foi foda! Felato, seu miserável! Vista seu romântico! kkkkkkkkk Cara, foi muito louco que tudo tenha subido um nível acima. Esse Felato é odioso, imagino aquele Pokémon gigante com a língua nojenta... Ugh! Pobre Wiki, mas aquele momento que o Vista apareceu foi muito epic! (Por sinal,esqueci de comentar q ri com o fato dele ter usado es efeitos pra capa ventar. Vento é foda em cenas heroicas kkkkk). Coitado do Marco é o escambau! Glory, vem nimim! kkkkkkkkkkkkkkkk Não é que ele sempre se dá bem? Estou começando a pegar raiva desse Mothim auheaueeua Mas sempre haverá um Mozilla o esperando, e tenho que dizer que é até engraçado pensar nesses dois como casal. Quem diria? Muito show esses Supports, cara, espero que você possa trazer mais especiais assim (: (Não entenda errado kkkk)

    ReplyDelete
  9. OBS: Esqueci de comentar: Perséfone, a rainha do submundo, um Espeon? Que Pokémon perfect! *______________* kkkkkkkkkkk

    ReplyDelete
  10. CANAS FOI VOCÊ QUE ESCREVEU ISSO? O_O' Difívil de acreditar, hehe.
    Wow Canas, que ecchi, hein. E ainda teve uma pontadinha de Mozilla x Marco <3' Kawaii.
    E eu queria que o Vista tivesse beijado a Wiki T_T Canas, quando vamos ver o rosto do Vista? Ainda quero muito vê-lo, afinal, é um de meus favoritos. Ele deve ser lindão <3
    Isso Glory, sua vadia, morra. Pena que não morreu. O que eu mais adorei foi o Vista falando "Go to hell", porque eu tenho mania de mandar meus amigos pro interno as vezes. Adorei, ficou lindo.
    Marco seu fofo, não gosto muito de você, mas continua sendo muito fofo! Mozilla, cuida bem dele.
    E Canas, não entendi, por que você colocou que tem sexo? Tudo que eu vi foi quase-estupro. @.@' Mas não chegou a ter cenas de sexo. Ou teve e eu não notei? Você colocou de forma implícita? e_e
    Bom, ainda espero que a Glory morra, que o Vista mostre seu rosto e seu corpão, e que ele e a Wiki fiquem juntos!! E_E' Não quero mais esperar T^T'
    Vou indo Canas, beijos!

    ReplyDelete
  11. Oi, Kohai! Outro dia aí eu estava pensando nos disclaimers, e cheguei à conclusão de que o certo mesmo seria moléstia. Na realidade até agora não tenho certeza de qual é o correto, mas foi o mais próximo que notei de não ficar assim tão agressivo dizendo quase-estupro kkk Foi mal, ainda não levo jeito com os nomes e gêneros certinhos para cada categoria, mas vou procurar dar um jeito (:

    Olha, o rosto do Vista ainda precisa de tempo para tornar-se um dos maiores mistérios da fanfiction. Eu acho que ainda não está na hora de mostrar como ele realmente é, e pra falar a verdade ainda continuo com dúvidas cruéis sobre como farei a aparência dele definitiva. A verdade é que o Vista é um mistério até para mim, embora eu saiba exatamente a que altura do campeonato ele vá mostrar seu rosto. Porém, até lá terei que deixar todo mundo nessa curiosidade maluca mesmo kk

    Vou tentar melhorar com esse tipo de gênero, mas tenho a impressão de que ainda haverão muitas outras tentativas, e aos poucos estarei trazendo novas ocasiões e ocorridos. Sempre é bacana dar uma variada, e eu pude adiantar que foi muito bem recebido, a galera sempre curte esse tipo de coisa (: Valeu pelos comentários e pelos toques ae Kohai, esse trio de personagens sempre serão os meus favoritos, você deu sorte de curtir tanto o Vista, esse cara nunca vai desaparecer no roteiro, a galera o recebeu muito bem! Vou indo nessa querida, um beijão!

    ReplyDelete

- Copyright © 2011-2017 Aventuras em Sinnoh - Escrito por Canas Ominous (Nícolas) - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -