Posted by : CanasOminous Feb 6, 2013

Nome: Hana (Bia-chan)
Idade: 13 anos
Estado: SP
Técnica: Paint Tool SAI

"Caso não tenha entendido, a intenção foi desenhar o Arcanine em cima do Green (por isso as pernas dele não aparecem). É como se ele estivesse dando um 'olá'.
Enquanto desenhava, eu me lembrei do quanto eu era viciada em pokémon quando era menor. De quando a mãe de meu amiguinho apontou pra mim, falou 'é ela a menina que gosta de pokémon?' e riu. De quando eu fui zoada umas duas vezes na sala de aula por gostar tanto de pokémon e a minha garganta começou a doer porque eu queria chorar e estava segurando. De quando uma menina com quem eu mal falava me defendeu. De quando eu perguntava constantemente "É estranho eu gostar de Pokémon mesmo sendo uma menina?" ao meu pai, e ele dizia não, mas no fundo eu sempre achei que sim. E de quando ano passado, enquanto eu ia beber água na escola, um menino que nunca me zoou chegou perto de mim, deu oi e falou "Você ainda gosta de Pokémon?" e eu ri, dizendo "Bem, não sou mais viciada", o que era verdade. E tudo isso é engraçado agora, porque hoje em dia eu não dou a mínima para a opinião dos outros sobre isso.
Aliás, voltei ao meu vício por Pokémon."

• • •


Ninguém conseguirá me convencer do contrário, eu sempre vou pensar em besteira quando olhar para essa imagem kk Desculpa, desculpa. Há crianças no recinto, não posso ficar fazendo esse tipo de piada... De qualquer maneira, posso considerar que esse foi um dos desenhos seus que mais gostei, Hana. Digo isso pela coloração e pelos traços, ficou muito bom, não precisou de muito para que a imagem ficasse bonita e harmoniosa, por isso eu gostei bastante. E quem é que nunca passou por uma situação onde teve de lidar com a reputação ou o ego de dizer que ama Pokémon? Creio que isso seja mais presente na galera das antigas, que tem minha idade hoje. Acho engraçado como muitas vezes agiamos assim, e eu também fiz muito disso quando era moleque. É como se nos escondêssemos em uma concha vendo essa galerinha que se achava o centro do mundo ter o direito de dizer qualquer coisa sobre quem gostava de Pokémon,  jogos, ou qualquer outro Anime. E isso me faz pensar hoje, o que nos tornava  tão diferentes?

Creio que alguns já tenham passado por isso, ou pelo menos algo semelhante. Meninas que são impedidas de brincar com bonecos de ação, ou garotos que não podem construir uma casinha de papelão para seus brinquedos morarem. Cara, poderíamos entrar em toda uma discussão filosófica sobre a influência que as pessoas fazem em nossa mente, afinal, quem é que determina que brincar de carrinho é coisa de homem, enquanto a menina tem que ficar cuidando da boneca e brincando na cozinha de plástico? O que seria isso, se não um treino para aquilo que o mundo reserva? Será que vivemos assim em um universo tão automático onde desde jovens as pessoas nos guiam para um futuro garantido? Não estou defendendo nenhum dos lados, isso apenas faz minha cabeça ficar repleta de perguntas que parecem nunca chegar à uma resposta concreta. Então... Por que dizem que Pokémon é coisa de criança?

Eu sempre tentei mostrar algo diferente com Sinnoh, eu queria mostrar para as pessoas e os visitantes de fora que Pokémon pode revelar um universo completamente diferente, repleto de suas intrigas, romances proibidos, guerreiros e criaturas mágicas. Porém, admito que eu mesmo não chego por aí espalhando que escrevo uma fanfiction sobre Pokémon. O que eu diria? Ou melhor, o que as pessoas iriam pensar? "Ah, ali está o cara que não quis crescer." ...E quer saber de uma coisa? Creio que essas pessoas que julgam não são capazes de compreender a essência de algo, são as mesmas que ganham um presente e vão direto para a marca da roupa. Se não tiver marca, não presta. Eu sou do tipo que uma vez teve a cara de pau de pedir uma pedra para a garota que eu era apaixonado. E ela me deu a bendita pedra, eu a guardo até hoje. Por quê, você pergunta? O que haveria de tão especial em uma simples pedra? É simples, não ligo para o valor de algo, ou aquilo que todas as pessoas ao redor vão dizer. A importância daquela pedra é invisível aos olhos dos tolos, o essencial só pode ser sentido aqui dentro, no coração. Peço desculpas por esse longo momento de reflexão que acabou fugindo do assunto de seu fanart, querida, mas que faz todo o sentido com esse curioso ocorrido de sua vida.  Aquele jovem do bebedouro não procurou a marca estampada em todos nós, ele compreendeu o que está em seu interior, algo que ninguém pode tirar de você. Faça o que gosta, e corra atrás daquilo ama.

{ 1 comments... read them below or add one }

  1. nossa dizer que você é um fanático viciado em pokemon, na verdade eu sempre deixei isso as claras por que antigamente eu tambem desenhava pokemon, tá até ano passado pra falar a verdade, mas mesmo assim eu tinha amigos bastante amigos mesmo, três deles até começaram a desenhar pokemon e outro, fez desenhos do anime que ele gostava "bleach".
    pokemon fez parte da minha vida desde pequeno, não há nada de errado nisso, como um fãn de hoje 12 anos espero que pokemon um dia tambem creça assim como eu creçi, mas creçendo ou não eu não vou parar de gostar.

    até mais

    ReplyDelete

- Copyright © 2011-2017 Aventuras em Sinnoh - Escrito por Canas Ominous (Nícolas) - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -