Posted by : CanasOminous Jun 16, 2013

Os Conquistadores eram uma corporação do continente de Sinnoh que foram introduzidos pela primeira vez no Interlúdio II da Saga Platina e apresentados oficialmente no Capítulo 74, na reunião dos Remarkable Five. O principal intuito destes jovens era reunir grande parte do povo treinadores e com ideias influentes na região para disseminar sua mensagem provando assim que eles não precisam de nada e nem ninguém para cuidar de sua Sinnoh.

Eles eram caracterizados por pessoas insatisfeitas com o poderio dos membros da elite, tendo como principal objetivo derrubar Ike Smithsonian do poder para que não haja mais campeões ou Ligas Pokémon. Seus líderes eram jovens, em sua grande parte maiores de idade, que possuem mais de oito insígnias e acabaram perdendo; mas vendo as injustiças e o descaso cometidos pela Liga em seus piores dias, fez com que eles almejassem destruí-la.

Luke foi convidado para ingressar na equipe, mas negou o convite. Os Conquistadores só desistiram de seus ideais quando todos eles foram derrotados, o que acabou requerendo muita concentração e paciência por parte dos membros da Elite. A estratégia dos Conquistadores era disseminar sua mensagem entre as crianças e jovens  para que desde cedo eles demonstrassem insatisfação com a Liga. Uma região sem treinadores sonhadores é como não ter a sua principal fonte de renda, o que logo faria o governo desmoronar. Por sorte ainda existiam muitos que estavam contentes com o domínio de Ike, e por isso colaboram para derrotar esses treinadores e livrar-se da falsa ideia que eles desejam transmitir. A princípio 12 eram os principais componentes, mas com a derrota de seu líder eles se desmembraram e desapareceram no meio da população.

Principais membros dos Conquistadores apresentados até o momento:

Forde Ferraris, o Líder
Forde revelou-se como o mandante dos Conquistadores apenas quando eles iniciaram o ataque contra a Liga Pokémon. Seu principal intuito era destruir Ike Smithsonian e sua Elite para reerguer uma ditadura em Sinnoh, onde ele seria o mandante supremo de toda a região. Os Conquistadores já foram uma corporação que no passado tinham exatamente o mesmo intuito, derrubar os ditadores, e utilizando o nome mas com ideais falsos, Forde esperava enganar toda a população de modo a deixá-la contra o atual campeão. Com boa lábia e pesuasão, Forde de fato conseguiu, mas foi surpreendido ao enfrentar o atual campeão e sua Elite.
Ele já foi rival de Walter Wallers, e deteve o posto máximo da Liga Pokémon por um tempo, vindo a ser considerado um dos piores campeões que Sinnoh já teve. Forde era ambicioso e vulgar, esperava dominar as pessoas através do medo obrigando-as a obedecer suas vontades. Foi derrotado por Ike e Titânia, e terminou sendo preso tendo seus seguidores completamente desmembrados. Possui um lendário Heatran, nomeado como Brando Pyrom.

Roger

Roger era um dos capangas de Forde Ferraris, e foi um dos primeiros treinadores a terem a coragem de enfrentar Ike Smithsonian quando o mesmo veio a assumir o comando da região. Pode-se dizer que foi Roger quem deu a ideia para que Forde reunisse outros treinadores inconformados com a Liga para que eles pudessem fundar os Conquistadores e começar a disseminar sua mensagem. Foi como a faísca necessária para que a bomba fosse ativada. Roger também era considerado um dos membros mais perigosos da comitiva por sempre agir por impulso e sem pensar, muitas vezes era ele quem tomava as iniciativas para destruir e investir contra as pessoas, sendo considerado um "baderneiro". Terminou preso junto de alguns outros componentes. Possuia um Snorlax e um Tangrowth na equipe.

O Hacker

Os Conquistadores possuíam um Hacker em seu meio, alguém que foi capaz de driblar a segurança da mídia e invadir seu sistema de televisão, mandando uma mensagem para toda a região. Um hacker é caracterizado por ser um indivíduo que se dedica, com intensidade incomum, a conhecer e modificar os aspectos mais internos de dispositivos, programas e redes de computadores. Ainda pode vir a ser considerado um adversário perigoso por ser inteligente e manipular as pessoas pelas sombras do anonimato. Muito tempo depois, Luke conheceu um sujeito na internet que atendia pelo nome de Wyrm. Estima-se que ele seja o mesmo Hacker, embora seu nome esteja mudando praticamente todas as semanas para que não seja descoberto.

Kairel & Dairel

Kairel e Dairel são irmãos gêmeos que ingressaram nos Conquistadores com o principal intuito de destruir a Liga Pokémon e Ike Smithsonian. O sonho dos dois era que um dia eles pudessem ser campeões, mas seria impossível que ambos pudessem ocupar o cargo juntos, o que os levou a criar um rancor imenso das regras impostas pela Elite. Eles afirmam que ela engana os jovens colocando sonhos em suas mentes que não podem ser realizados, de maneira que os dois tenham se unido para que jamais tivessem de enfrentar seu irmão para que apenas um chegasse ao topo.


Bertha

Bertha é uma velha senhora que destacou-se em Sinnoh por suas atitudes em uma época que a Liga Pokémon ainda passava por tempos difíceis sob o comando de campeões frágeis e ambiciosos, antes mesmo até do império de Walter Wallers. Por sua habilidade e competência, Bertha ingressou na Elite e lutou por uma região melhor, sendo uma das responsáveis por disseminar a mensagem dos Conquistadores de sua época. Atualmente ela não deposita confiança nos jovens que se intitulam Conquistadores, pois acredita que eles não fazem as manifestações por uma Sinnoh melhor, e sim, para benefício próprio. Foi mostrado que Bertha possui um Gliscor, e é especialista em Pokémons do tipo Ground.

Albert

Albert é um garçom simpático de uma cafeteria muito frequentada por idosos no centro de Hearthome. Ele conheceu os Irmãos Wallers quando eles se encontraram com Lúcio e Clarisse onde ele trabalhava, e quando os jovens falaram sobre os Conquistadores ele imediatamente demonstrou interesse. Quando Albert era mais novo, chegou a participar de protestos e manifestações para lutar por seus direitos, e de fato conseguiu, tanto que pelos anos seguintes Sinnoh ficou em boas mãos e até chegou a passar por seus dias de ouro, sob o governo e administração de Walter Wallers. Atualmente, Albert é apenas um senhor de idade, um herói anônimo completamente desconhecido, mas já fez muito para que as pessoas de hoje tivessem a liberdade e direitos melhores. Ele possui um Ambipom em mãos.

{ 2 comments... read them below or Comment }

  1. Nossa, que estranho, bem na época em que os conquistadores agem contra a elite (o governo) de Sinnoh, os brasileiros tbm se rebelam contra o nosso governo #muitoestranho.
    Mas foi até legal, deu pra poder observar a situação pelo ponto de vista dos conquistadores (de certo modo). Já que tbm estão cansados dos gastos desnecessários da elite, a falta de investimento e melhorias da nação... Assim como nós brasileiros lutamos pelas injustiças que estão ocorrendo (e ja ocorrem a anos). Acredito que até estaria a favor dos conquistadores se os ideais deles fossem melhores, como ao invés de querer uma nação sem governo, uma nação COM governo, mas um governo melhor, responsável e justo.
    Mas ao invés de agirem dessa forma tbm, deveriam agir mais organizadamente, com respeito e disciplina (serve tanto para a situação brasileira atual, quando para os conquistadores). Eu tbm participei de uma manifestação ai tbm, e super defendo ideais de um mundo mais justo, sem tanta corrupção e roubalheira. Mas tbm prefiro que isto seja feito de forma respeitosa, e não com violência e atos desnecessários, como vimos por ai.
    E de certo ponto novamente, os conquistadores estão certos (não totalmente), já que, uma vez que toda uma nação esta praticamente nas mãos, dependendo de um certo grupo seleto de pessoas, deve ser tratado com seriedade e justiça, com dedicação e cuidado. Concordo que todos tem suas vidas e que a vida não é só trabalho, mas não se trata apenas das suas vidas, e sim de milhões de pessoas, então não é uma brincadeira de governar uma nação, é uma responsabilidade colossal (não que a atual elite não seja compromissada, acredito na capacidade deles, mas tbm não consigo vê-los como a figura de um governo responsável e dedicado).
    Ah, mas quer saber, talvez ainda haja membros dos Conquistadores com ideias justos e corretos e provavelmente estarei do lado DESTES conquistadores. #Querofazerparte #Euparaconquistadora #Umgovernomelhorejusto #foratiraniaehipocrisia #umavidamelhorcomgovernomelhor !!!! (ia ser mt massa ser um dos conquistadores, aneeeeim, agr fiquei com vontade -.- kkkkkkkkkkkkkk Bem, só espero que nem todos os conquistadores tenham apenas ideais egoístas e tolos, e afinal, acredito que o Erick ta ai no meio hein (se é q ele não é o líder) e tbm tem o Volkner, será que ele aprova essa elite ou ele iria se opor a ela desta forma??? Vai saber neh... Bem esperando por novos movimentos dos Conquistadores (e uma melhora na situação ridícula que o Brasil passa a anos)
    Espero q tenha me compreendido e nem q queira me matar por causa de meus ideais e ideias (ou o mega comentário). Bye kkkkkkkk (E Canas, exijo saber sua opinião a respeito de tudo isso (tanto a fic como a nossa realidade kkkkkkkkkkkk é sempre bom ver o lado e pensamentos dos outros, dependendo posso até repensar meus ideais).

    ReplyDelete
  2. Opa, parece que alguém notou. Bom, Laísa, a verdade é que eu criei os Conquistadores no começo do ano, lá para Fevereiro eu já estava bolando algo envolvendo protestos. Algumas semanas depois disso tudo se oficializar aqui no Brasil eu lancei o nome e quais eram as intenções dos Conquistadores, e pelo incrível que pareça no auge dessas manifestações eu também iniciei este Arco. Seria tudo coincidência, ou minimamente planejado?? kkkk Tudo bem, admito que não foi planejado, mas às vezes eu também me impressiono com a maneira como algumas coisas se conectam em nosso universo. Depois que os protestos tomaram força eu parei para imaginar se algum leitor conectaria isso com a fanfiction, e me surpreendeu que você tenha notado. Pode-se dizer que esta será uma maneira ampla de observar a situação de Sinnoh e também do Brasil.

    Bom, cada tem a sua ideia de se manifestar. Não sou o tipo de pessoa que vai sair na rua, mas sou aquele que compartilha a mensagem. De certa forma este Arco representará um pouco disso tudo, mas a diferença é que ele vai se estender por mais tempo do que as manifestações pelo país. O ideal dos Conquistadores não é errado, mas muito pelo contrário, eles têm o total direito de lutar por seus direitos! Até o momento aqui na fanfic eu apenas mostrei aqueles que querem fazer "baderna", aqueles que nem entendem qual o motivo dessa manifestação, mas vai se juntando à massa só para se mostrar com seu iPhone, e essa gente é a pior. O único ponto em que sou contra os Conquistadores aqui de Sinnoh é que eles jogam a culpa no Ike, quando de certa forma este problema já estava presente há muito, muito tempo. Uma região não abala do dia para a noite, esses problemas e insatisfações já vinham acontecendo há muito tempo, mas por obra do azar o Ike é o campeão mais recente, então todos esses problemas caíram sobre suas costas.

    Este é o único problema dos Conquistadores, o enfraquecimento de Sinnoh vinha acontecendo desde os últimos 10 campeões que por ali passaram nos últimos anos. E até o momento eles não se manifestaram violentamente e nem nada. Posso dizer que será bem divertido trabalhar com eles, visto que posso me espelhar muito em nosso próprio país nessa atual situação. Será que não é possível que os treinadores revoltadas e a Liga Pokémon entrem em um acordo? Será que essa guerra interna precisa continuar? Olha, essa história de Conquistadores apenas começou na fanfiction, e com toda certeza ainda irá muito além das manifestações que tivemos Brasil a fora. Vamos ver qual será a conclusão épica disso tudo, que muito provavelmente será espelhado diretamente aqui em Sinnoh.

    Certamente, discutir esse tipo de assunto ainda poderia render linhas e mais linhas nos comentários, mas vou deixar para que isso flua com o tempo. Quem tiver o interesse de dar corda à essa conversa, sinta-se a vontade. Meu ponto de vista é muito baseado no que estou retratando aqui na fic, também concordo que as manifestações deveriam ser mais pacíficas e comandadas por pessoas que sabem o que fazem, e não aqueles que vão só para criar uma imagem e nem sabem o que estão fazendo lá. E principalmente, espero que o governo deixe de lado essa hipocrisia e tente cooperar. Ainda acredito que seria possível haver um equilíbrio entre os dois lados, mas se isso for impossível na vida real o que custa transmitir esses pensamentos para a escrita, não?

    ReplyDelete

- Copyright © 2011-2017 Aventuras em Sinnoh - Escrito por Canas Ominous (Nícolas) - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -