Posted by : CanasOminous Feb 2, 2014

Support Conversation (Vista x Paula)
Gênero: Comédia e Mistério;
Tema: Vista constrói uma máquina do tempo para impedir que Titânia deixe os Fire Tales,
porém, logo ele descobre que certas coisas acontecem simplesmente porque DEVEM acontecer;
Notas: Da mais nova série de episódios de Sinnoh, Vista tentará ajudar os outros 
com sua personalidade egoísta e exagerada, mas perceberá que mexer
 com o passado muitas vezes pode acarretar em sérias mudanças no futuro...


— Ladies and Gentleman, eu gostaria de apresentar-lhes a minha mais nova invenção: A Máquina do Tempo do Vista.
O espectro mecânico retirou um pano de cima do pesado equipamento e revelou ali uma máquina grandiosa, repleta de fios e botões para todos os lados. Marco e Wiki a observavam empolgados, fervilhando de ideias de como poderiam utilizá-la e quais momentos eles gostariam de voltar ou avançar no tempo para descobrir o que os aguardava.
— Parece interessante, mas funciona mesmo? — indagou Marco.
— Se funciona? Está insinuando que algum dia eu montei algo que não funcionasse? — Vista retrucou de maneira ameaçadora.
— D-De maneira alguma, eu não deveria ter feito aquela pergunta... — desculpou-se Marco. — Tenho uma ideia que pode parecer ousada,  mas o que acha de nos levar para o Capítulo 100 para que possamos descobrir como a história termina?
— Avance para o meu casamento, quero descobrir quem vai ser o sortudo! — continuou Wiki, ainda mais alvoroçada. — Espera, ficarei decepcionada se essa opção não constar no futuro. Ohh, não seria de se surpreender mesmo...
— Companheiros, companheiros... São muitas opções interessantíssimas, mas, obviamente, eu serei o primeiro a testá-la utilizando um período em especial e que já tenho em mente, por sinal.
Vista fez todo o suspense necessário enquanto escrevia no telão de seu computador qual seria o seu destino:
— 14 de Setembro de 2012 — Marco leu com atenção. — O que tem de tão importante nessa data? Nem faz tanto tempo...
— That’s where you are wrong — assentiu Vista. — Eu estou viajando no tempo para mudar as coisas que aconteceram na história.
— Viagens no tempo são perigosas, Mecha-boy... Isso pode alterar o fluxo do futuro e mudar completamente a realidade que conhecemos, destruindo a construção do tempo e espaço criados por Palkia e Dialga! — disse Wiki. — A senhorita Paula não ficaria nada feliz com isso...
— Don’t worry, se acontecer algo de ruim, estarei voltando do futuro para arrumar o passado e evitar que eu construa a máquina do tempo, got it? Na pior das hipóteses, tenho o celular da Paula, e tudo voltará ao seu estado normal.
Vista voltou a teclar em sua máquina, quando o título daquela primeira viagem surgiu em letras garrafais na tela digital:


— I-Isso quer dizer que... — Marco murmurou em voz baixa.
— Irei impedir que aquela tal Titânia deixe a Fire Tales, e com isso, todos vocês ficarão felizes para sempre e não irão me culpar de substituí-la, sendo que essa nunca foi minha intenção. Estou cansado de ouvir gente dizendo que acha a Titânia melhor do que eu... Well, see ya, my lads! May the future be prosperous for all o us!
Vista equipou-se em sua máquina do tempo e voltou imediatamente para o dia em que Luke vencera Byron, o líder de ginásio de Canalave. Em contrapartida, Ike o encontraria, Titânia seria deixada para trás, Vista acabaria por ingressar nas Fire Tales, aconteceria um sequestro e mais um monte de coisa maluca. Curioso para saber o que aconteceria se a mulher permanecesse na equipe, Vista surgiu em uma área pouco movimentada de Canalave, coberto por seus mantos como um viajante desconhecido.
— Deixe-me ver, deixe-me ver... Agora não deve ser tão difícil encontrar a Serpente de Ferro nesse lugar... Ahh, there you are.
Vista seguiu em direção da praia, onde Titânia observava o mar e ponderava sobre a possibilidade de abandonar Luke para seguir viagem ao lado de Ike. Vista sentou-se ao lado da mulher que encarou-o, desconfiada.
— Quem seria o senhor?
Vista segurou-a com seus dois braços enormes.
— Look, it doesn’t matter. Eu sou o espectro do passado e do futuro, e vim aqui impedir que você fizesse uma verdadeira cagada. Não importa o que aconteça, não abandone os Fire Tales.
— P-Por que não? Do que você está falando? E como pode saber que...
— They will need you — explicou-lhe Vista. — Considere isso quando for tomar as atitudes daqui para frente, minha cara companheira. They will need you.
Ao terminar de transmitir a sua mensagem, o ciborgue deixou Titânia para trás repleta de dúvidas e indagações. Ele foi até um beco escuro onde poderia ativar sua máquina do tempo, e assim colocá-la de volta ao seu tempo atual para mostrar à Marco e Wiki como sua invenção era um sucesso.
— Mission completed. Now let's go home to see what've changed.
Mas, para sua surpresa, no futuro não existia mais Marco e nem Wiki.
Vista deparou-se com um local amplo e sem limites. No chão haviam linhas que guiavam para o horizonte e pareciam nunca ter fim. Tudo ao seu redor era escuro e sem forma. Aquele, de fato, não era o universo da Fire Tales que ele conhecia.


 What the hell just happened here? — ele indagou, nervoso.
Com um forte brilho, Paula surgiu ao seu lado, eufórica e toda descabelada como se já estivesse à sua procura há muito tempo. A mulher parou, passou a mão em sua cabeça e tentou respirar fundo procurando manter a toda calma que conseguisse juntar. Vista cumprimentou-a educadamente.
 Hello, my lady. À que devo sua nobre visita?
— Vista, você tem noção do que acabou de fazer? Você tem noção?! — Paula chegava a gritar, mas o ciborgue sabia que com ela deveria ter o mínimo de boas maneiras, pois contra uma deusa ninguém tem uma chance, e as deusas sempre têm razão.
— Wow, wow. Um passo de cada vez, senhora. O que está acontecendo?
— Olhe para o seu redor, nós estamos em uma dimensão inexistente! Você destruiu o futuro! Não existe mais Fire Tales, não existe mais a Wiki e nem Marco que você conhece, não existe Luke e nem Lukas. Você destruiu tudo!
Vista coçou a cabeça, revendo seu banco de memória para analisar o que saíra de errado.
— Eu não alterei nada de relevante, exceto pela conversa com a senhorita Titânia, e...
— AH. Tá aí o problema! — respondeu Paula indignada, quase arrancando seus próprios cabelos na tentativa de explicar-lhe o que acontecera. — Vista, é o seguinte... Se até hoje ninguém inventou a viagem no tempo, é porque elas não podem acontecer! É muito difícil para vocês entenderem isso, gênios da ciência?
— Somos um pouquinho curiosos — Vista deu uma risadinha descontraída, não escondendo estar contente com suas próprias proezas. — Então, diga-me. O que mudou no futuro o fato da Titânia continuar na Fire Tales? Não imaginei que fosse acontecer algo tão aterrador...
 Aterrador?! Vista, o Lukas morreu!
O guerreiro permaneceu em silêncio por alguns instantes.
— Hm, isso explica porque você está tão estressada.
— Antes de voltarmos para o passado e acabarmos com esse conflito de realidades, deixe-me explicar o que aconteceu: Você impediu que a Titânia deixasse a Fire Tales e, consequentemente, ela nunca abandonou o Luke.
 Yeah, yeah. Ele seria duas vezes mais forte com aquela serpente ao seu lado.
— Um dia depois, Luke Wallers foi sequestrado.
 That’s right. I remember that. Hah, hah. Good times.
— Mas a questão é que neste universo que você criou quem foi sequestrado foi o Lukas. Você pode voltar ao Capítulo 49.5 e Capítulo 51 para conferir, os Rockets cometerem um engano, eles pensavam que o Luke era na verdade seu irmão, e por isso o sequestraram. Com a proteção de Titânia, o Luke jamais poderia ter sido sequestrado.
Vista balançava a cabeça, acompanhando aquele raciocínio.
— Sendo um alvo mais favorável, quem realmente seria sequestrado era o meu doce a amado Lukas... Ele sofreria nas mãos dos Rockets, e no fim das contas... — Paula sussurrou bem baixinho. — No fim das contas vocês não seriam capazes de salvá-lo...
 What?
— A Ilha de Ferro explodiria, exatamente como aconteceu. Sem a ajuda de Ike Smithsonian, ele não conseguiria escapar. Lukas Wallers estaria morto, a Fire Tales seria diferente de tudo que você conhece hoje. Não existiria Marco, a Wiki teria se afundado em drogas e amargura, Mikau seria um homem ainda pior do que hoje, o próprio Aerus não conseguiria lidar com a liderança... Tudo mudaria aqui, tudo.
Vista continuava a ouvir a história de Paula que falava com certeza do que vira naquela realidade alternativa criada por Vista. Ela virou-se para ele, ainda nervosa, e falou:
— Luke Wallers, seu treinador, enlouqueceria.
— Mais do que já é? — indagou Vista com uma risada..
— Ele não poderia lidar com a morte do irmão, e terminaria em um hospício. A Fire Tales seria desfeita. Nenhum de vocês se conheceriam.
 Wow, it’s worse than I thought…
— Ahh, e não termina por aí! Sem o Lukas, sabe o que acontece na segunda parte? Adivinhou? O universo entraria em colapso! Foi por pouco que eu consegui parar o tempo e te alcançar antes que isso acontecesse, mas sem o Lukas eu não poderia me apaixonar por ele, e sem ele, a batalha no Spear Pillar jamais aconteceria! Os Galactics conseguiriam criar o seu mundo perfeito, eles reinariam de maneira suprema, e tudo que você conhece hoje terminaria desolado.
Vista já observava em silêncio e sem palavras. Paula continuou:
— Não existiria mais Liga Pokémon, não haveria ninguém para competir. Ike Smithsonian como campeão? Nem sei que fim ele levaria, e com ele, você provavelmente também nem teria função alguma nessa história. A Liga Pokémon seria adiada, a região terminaria destruída. Vista, se a Titânia não deixasse a equipe naquele derradeiro Capítulo 50 da fanfiction, não existiram as Aventuras em Sinnoh.
Vista estava boquiaberto, mesmo que não conseguisse demonstrar aquilo por baixo de seu manto.
 Holy. Shit. Isso é pior do que eu imaginava...
— Terrível, não é? Agora faça-me um favor, e pare de reclamar da despedida da Titânia! Ela fez isso pelo nosso bem, ela fez isso porque sabia que seria o melhor para todos. Tudo bem, podia até não saber, mas certamente ficarmos sem ela foi o melhor para que cada um de nós pudéssemos crescer à nossa própria maneira e lutar por um futuro melhor.
Paula cruzou os braços e olhou para o infinito ao seu redor.
— Agora vou te mandar de volta para o presente, antes de você entrar naquela máquina do tempo, e antes de impedir a Titânia de abandonar a equipe. Você sabe o que fazer depois, não é?
 Roger that.

• • •

— Ladies and Gentleman, eu gostaria de apresentar-lhes a minha mais nova invenção: A Máquina do Tempo do Vista.
O espectro mecânico retirou um pano de cima do pesado equipamento e revelou ali uma máquina grandiosa, repleta de fios e botões para todos os lados. Marco e Wiki a observavam empolgados, fervilhando de ideias de como poderiam utilizá-la e quais momentos eles gostariam de voltar ou avançar no tempo para descobrir o que os aguardava.
— Tenho uma ideia que pode parecer ousada,  mas o que acha de nos levar para o Capítulo 100 para que possamos descobrir como a história termina?
— Avance para o meu casamento, quero descobrir quem vai ser o sortudo! — continuou Wiki, ainda mais alvoroçada. — Espera, ficarei decepcionada se essa opção não constar no futuro. Ohh, não seria de se surpreender mesmo...
— Companheiros, companheiros... São muitas opções interessantíssimas, mas, obviamente, eu serei o primeiro a testá-la utilizando um período em especial e que já tenho em mente, por sinal.
Assim que Vista começou a digitar seu destino, um forte clarão surgiu e exatamente ao seu lado surgiu outra máquina do tempo, de onde o Vista do futuro saiu e apontou suas armas e canhões contra a máquina do tempo atual. Marco e Wiki se entreolharam sem reação, o Vista que acabara de surgir começou a destruir a máquina do tempo do outro Vista com tiros, raio laser e todos os tipos de explosão que conseguiu imaginar. Vista ficou batendo na máquina até que só restou poeira e pedaços de metal destroçados. O outro Vista não fez nada para impedir, e agora os dois compartilhavam olhares confusos e repletos de dúvidas.
 Oh... Did I make something wrong? — perguntou o Vista atual.
  You always do, man. You always do… — respondeu o Vista do futuro.


{ 4 comments... read them below or Comment }

  1. Gente '-'
    Tá explicado oque poderia acontecer '-'
    "— Roger that."- Deu uma de Ian? Ò.Ó kkkkkkkkk Samus diz isso num comic tbm =3
    \0 Cara esse me pegou desprevenida '-' Vejo que realmente isso teve que acontecer! As coisas nem sempre podem acontecer do jeito que queremos '-' (Indireta para Martin-sensei e Canas-chan) (KKKKKKKKKKKKKKK)
    WV

    ReplyDelete
  2. Yo, WV. Tem algumas coisas que a gente só percebe quando senta e consegue analisar com calma, não é? Eu mesmo já tinha pensado: Cara, será que a história estaria melhor com a Titânia na equipe? Até que percebi que se a Tih tivesse ficado, não existiria mais fic! Não haveríamos tido a oportunidade de trabalhar tão bem com os outros personagens que precisavam de atenção, e a luta contra a Elite nem estaria sendo tão aguardada quanto a batalha Aerus x Titânia.

    Ian Malkovich? Tirou essa do fundo do baú hein kkkk Roger That sempre foi uma frase que soa bacana, não? Acho que costuma ser uma marca desses personagens mais rígidos, aqueles com aparência de soldados que lutam no exército. Enfim, vamos ver o que mais teremos para ver nessas viagens no tempo, garanto que coisas ainda mais inesperadas aparecerão kk Beijos!

    ReplyDelete
  3. Sinto que esse post foi indireta pra quem fica choramingando por ela ter saído dos FT, ein :v (no caso, eu -q)
    Mas viagem no tempo é algo interessante de se trabalhar, é engraçado como às vezes algo tão simples como uma escolha pode moldar por completo a história! É, eu até choro e tudo mais, porém sei que foi essencial (acho que é por ser escritora, já cansei de escrever cenas que todo mundo quer me apedrejar, mas que eram necessárias pro enredo continuar (a questão é que: não deixam de ser dolorosas (muito dolorosas) por serem necessárias ç.ç ))
    Coitada da Paula, gente, ser deusa não deve ser fácil nessas horas, ter que lidar com as burradas de gênios curiosos.... (ainda bem que ela percebeu a tempo de fazer algo pra reverter, né >.> ) E comassim terá mais viagens? Ele vai mesmo reconstruir a máquina e tentar de novo? o.õ Mano, a Paula vai bani-lo pra uma dimensão paralela -qqq

    ReplyDelete
  4. kkkkkkkk Imagina como foi difícil na época explicar para os leitores porque a Titânia precisava sair da equipe! A galera pirou, foi engraçado e triste de se ver ao mesmo tempo. Engraçado porque eu sabia que ela apareceria várias vezes depois disso, e triste porque a luta contra a Elite ainda não chegou, e quando chegar... Aí sim o bicho vai pegar, rs.

    Eu pretendo dar continuidade para essa ideia da Máquina do Tempo por mais complexa que ela seja, dá pra criar muita coisa bacana com isso. O Vista é folgado pra caramba, assim que ele tiver mais alguma ideia bacana ele vai reconstruí-la para voltar no tempo e ferrar com alguma coisa, e a última sugestão de um leitor foi para voltar e ver como seria a Fire Tales se na verdade o Duke fosse o guildmaster. Vai ser foda! kkkkkkkk Este Support terá uns 4 ou 5 episódios, mas serão bem legais de se conferir. É aquela ideia do "E se?" E se eu nunca tivesse começado o Aventuras em Sinnoh? Tenso...

    A Paula nunca foi das mais pacientes, mas ao se lidar com humanos e Pokémons é preciso ter um pouquinho kkk Apesar dela ter todo esse ar de divindade a graça é justamente colocá-la em situações cômicas, vemos que nem ela é perfeita (: Enfim, vamos ver que outras ideias malucas surgem para esse Support. Valeu pelo comment, Tsuki!

    ReplyDelete

- Copyright © 2011-2017 Aventuras em Sinnoh - Escrito por Canas Ominous (Nícolas) - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -