Posted by : CanasOminous Mar 6, 2012

Não precisa olhar para o relógio ou para o calendário, hoje não é sexta, mas vou postar esse capítulo especial da mesma forma. Minha explicação? Quero que o público não perca o rumo do outro capítulo que postei, até porque esses dois se interligam em grande estilo. Estou postando em um dia peculiar porque ele é bem curto, não passa das mil palavras, mas posso garantir que cada uma foi cuidadosamente selecionada. Eu adoro esse episodio, ele é curto, mas por ser curto ele transmite exatamente a mensagem que eu quero, inclusive, acho que o Thiago designou a palavra perfeita para a atitude do Luke: Estúpido. 

Eu gosto disso porque trabalhei com um personagem que fiz as pessoas gostarem em toda a primeira temporada, ver ele agir dessa forma é como ver um amigo seu cair no abismo, para mim também é assim, e este é o maior presente que a escrita pode nos propôr: Aprender algo com as histórias e não repetir os mesmos erros. Hoje mesmo eu parei para ler o Capítulo 10, aquele da batalha do Luke contra o Roark. Tolinho, como ele era um personagem bobo, tão inocente em busca de seus sonhos... Hoje eu percebo que ele cresceu, eu cresci, nós dois melhoramos.

Megalomania
Megalomania é um transtorno psicológico no qual o doente tem ilusões de grandeza, poder e superioridade, é uma característica do transtorno bipolar, também se caracterizando pela obsessão em realizar atos e grandes feitos. É notável que o caso do Luke não passa do estágio inicial, mas pode piorar se não tratado. Isso é uma doença. Não estou querendo fazer todos odiarem o Luke, afinal, ele sempre foi o meu personagem preferido. Ganhou Oscars, estava presente no melhor capítulo da última temporada, e por isso eu não vou simplesmente atirar no chão e pisar em algo que criei com tanto afeto. Só quero que as pessoas que realmente gostam dele continuem acreditando em sua recuperação, e que um dia ele descobrirá a fórmula para conquistar ambos os lados. PS: Em momentos assim é bom ter alguém da área de saúde pra dar ideias, valeu ae pela dica, Litos.

Prévia da Semana
Ok, e o que eu tenho preparado para a sexta feira? Não será o Capítulo 31, mas posso dizer que é melhor. Ainda essa semana vou apresentar o Especial da temporada, aquele no mesmo estilo do Ex-Elite 4: O Fim de um Legado. Se vocês querem inovação, revelações, descrições minuciosas e muito drama, então mal podem esperar pela chegada de sexta feira. Em termos de tristeza, acho que esse especial é ainda melhor do que a Elite, e um dos meus melhores em termos de moral.

Recomendações: O capítulo é curto, então leia as palavras com atenção e tente visualizar cada descrição. Recomendo a leitura durante a noite, e sem músicas, mas uma canção triste deixaria a leitura bem agradável. Vou indo nessa.

Bom, a única coisa que tenho a falar da enquete é que ela não vai afetar em nada a minha escolha da evolução do Eevee que irá nascer do ovo. Só fiz esta enquete por curiosidade e para ver a opinião de vocês, mas isso não irá interferir no rumo da história ou na possível evolução, eu já tenho minha opinião formada. Obrigado a todos que votaram, estarei logo colocando uma nova enquete para vocês, afinal, agora estou repleto de ideias depois das sugestões do público. *risos*

{ 4 comments... read them below or Comment }

  1. Gostei muito do capítulo Canas, só achei ele um pouco diferente dos outros especiais e dos outros capítulos. E aguardo anciosamente pelo novo especial que vc está tramando.

    P.s.: Eu reparei um erro no capítulo. Eu lembro que você disse que nesta saga você iria fazer que nem no anime: não ia revelar com quais pokémons os personagens iam ficar, eles iam revezando. Mas nesse capítulo o Luke tem 7 pokémons e não 6. São eles:

    Titânia, Duskull, Gabite, Gardevoir, Shieldon, Horsea e Froslass.

    Peço que retire um deles para a história ficar correta. :)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olha cara, na verdade eu percebi isso sim, mas não quis mudar. Eu pensei que, tipo, não faz diferença, o que eu quero mostrar é a presença de toda a equipe num momento que é importante para o treinador. Em dos Endings do Anime tem até uma imagem que o Ash está com toda a equipe do lado, estou certo? (Não acompanho mais o desenho, me corrija se estiver errado) O que eu quis mostrar é a presença de todos, a participação de cada um na vida dele, independente de haver sete ou não. Em batalhas esse número nunca se ultrapassará, é seis e ponto final, poda ficar tranquilo. Porém, já que você e provavelmente outros leitores se mostrarão descontentes com a presença de um número que ultrapassa os seis, então eu corrijo. A principio eu preferi deixar para ver se o pessoal faria diferença, se for este o caso agora eu já vi a opinião de vocês e eu tomo mais cuidado nas próximas. Valeu ae campeão, que bom que você já está acompanhando a história! :D

      Delete
    2. acho q não precisa mudar, está bom assim mesmo, e pra mim, não importa se passa o número, o que importa é o que ta querendo fazer a gente percebe, como eu percebi que todos estavam ali pra compartilha aquele momento, pra mostrar a união entre eles, o quando eles gostam de seu treinador pra estar junto dele num momento importante desses. Bem pra mim é isso e continue assim, história e capítulo incriveis. Fui!!!

      Delete
  2. Meu, esta Litos deve ser sensacional, eu nem sabia que esta doença existia... mas acho que é melhor eu parar de babar...
    Canas, acho muito legal, você correlacionar o fictício com o real, acaba demonstrando que você não é um autor que apenas joga palavras no papel, e sim, faz todo um estudo retrospectivo, para que no final as pontas se interliguem!
    É cara, não parece, mas graças a você tenho boas notas em redação, e até desenvolvi um senso critico!
    Vlw irmão

    ReplyDelete

- Copyright © 2011-2017 Aventuras em Sinnoh - Escrito por Canas Ominous (Nícolas) - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -