Posted by : CanasOminous Dec 12, 2013

Support Conversation (Mikau x Akagi)
Gênero: Romance, Ação;
Tema: Durante o treino, Mikau acaba exagerando, e Akagi 
o chama para repreendê-lo, e então tudo pode acontecer;
Notas: Este episódio ocorreu durante o período dos
 Seis Meses de treino da Fire Tales;
Sugestão do leitor: Snow Blaziken.

Mikau não precisou de muito esforço para esquivar-se do golpe de Aerus. Estava sendo observado, queria mostrar seu valor para ela acima de tudo. Em momento algum poderia vacilar, afinal, estava enfrentando ali o líder da Fire Tales.
— Mexam mais as pernas — disse General como um aviso para ambos os combatentes.
O atirador pegou impulso e esticou um dos braços lançando três projéteis de gelo em direção de Aerus, mas o dragão esquivou-se de todos com uma cambalhota para o lado, e ativando sua lâmina no braço direito conseguiu chegar bem perto de ferir Mikau, mas ele foi mais rápido em voltar a tomar distância para continuar o combate.
— O movimento dele é precário em lutas próximas, sua defesa carece de sempre estar sendo protegido por outro — comentou General com os braços para trás, ao seu lado estava Akagi que apenas ouvia seus complementos e examinava com muita atenção aquela disputa.
Mikau olhou para ela.
Aquela brecha foi o suficiente para que Aerus se jogasse em cima do atirador, derrubando-o no chão. Os dois rolaram até que o dragão caísse por cima dele e com a lâmina apontada no rosto de seu adversário.
Todos ficaram apreensivos com aquela cena até que Akagi falasse mais alto:
— Já chega.
Mikau disparou para o alto, não admitindo que aquele descuido fosse uma derrota. Tentou acertar o rosto de Aerus propositalmente, e se o dragão não tivesse sido mais rápido em esquivar-se com toda certeza teria sido ferido gravemente. O guerreiro aquático logo recuperou-se do tombo e revelou um sorriso, ficou com um dos joelhos apoiados no chão disposto a uma segunda rodada.
— Eu disse já chega!
Todos voltaram sua atenção para Akagi, mas dessa vez Mikau não olhou para ela. Aquela mulher era a professora e mandante da guilda Rip Tide, a contra maré. Com toda certeza tinha mais experiência e conhecimento do que muitos ali presentes, porém, o mais difícil era derrotar o orgulho dos membros da Fire Tales de modo que eles aprendessem quando deveriam agir e quando ouvir.
Akagi foi andando em direção de Aerus e Mikau, examinou bem a aparência e o cansaço dos dois, as feições, e até a troca de olhares que Mikau a incitava. Foi em direção de Aerus com as mãos para trás e os passos leves.
— Senhor Aerus, certamente você sabe bem como enfrentar um inimigo até mesmo quando tem total desvantagem sobre seu elemento.
— Tch — o rapaz revelou um sorriso discreto pelo elogio. — Há tempos esse cara pega no meu pé, se hoje sei como dar cabo desses atiradores do tipo gelo, é por causa dele.
— Ainda me lembro de quando o Mikau descobriu esse poder no meio de uma missão — comentou Wiki com um sorriso, sentada sobre um caixote enquanto observava a luta junto dos demais guerreiros. — Foi tipo, uma mudança drástica! De um pobre Horsea indefeso, ele tornou-se um dos atiradores mais conhecidos de toda a Sinnoh.
— Isso se não for o melhor — comentou Sophie do outro lado.
Mikau ficava cheio de si quando ouvia aqueles elogios, mas Akagi continuava séria e examinava com atenção o orgulho nato da personalidade de seu mais novo aprendiz.
— Ele não é o melhor porque atualmente a maior atiradora de nossa região é Bonna Party, a Magmortar. Seus tiros de fogo perfuram escudos, armaduras, e até os ossos. Em suas batalhas são cinco tiros para cinco mortes. Nada foge de seu olhar atento e sua pontaria. Se quiser chegar ao nível dela, terá de parar que ficar atirando para todos os lados e começar a conhecer melhor suas balas.
Mikau ergueu o queixo em desgosto, mas não se limitou a morder a língua.
— Está querendo dizer que consegue fazer melhor do que eu?
Vista não escondeu a risada logo atrás. Todos pensavam claramente no quanto Mikau era insensato e ridiculamente convencido. Chaud e General não gostaram daquela atitude, mas Akagi virou-se para ele e trocou um olhar profundo capaz de ler seus pensamentos. Até mesmo Aerus foi se afastando depois daquilo.
Akagi continuou:
— Quer participar de um duelo então? Eu aceito sua proposta.
Mikau revelou apenas um sorriso, finalmente havia conseguindo o que queria.
Yoshiki cutucou Vista ao seu lado, fazendo suas apostas e garantindo lugar naquele belo espetáculo. Eles nem precisaram dizer nada em voz alta para terem o mesmo pensamento: Ele estava ferrado.
Akagi e Mikau foram se encarando de longe, andando em círculos. Não havia regras e nem impedimentos para que a luta chegasse até o fim, exceto um. Um de seus guardas da elite, um Kabutops, trouxe-lhe duas katanas de prata, leves como uma pluma mas afiadas como o dente de um dragão. A imperatriz segurou a sua e a examinou.
— O senhor se gaba por seus méritos como um atirador, Mikau — disse ela ao analisar o corte com seu indicador. — Então vamos realizar nossos treinos de uma outra maneira.
— Está com medo de me enfrentar no que eu sou o melhor, senhorita Akagi? — indagou o homem.
Ela deu uma risada cínica.
— Talvez você é quem esteja com medo de me enfrentar de qualquer outra maneira que não seja a única coisa que você sabe fazer.
Mikau franziu o cenho e não gostou daquelas palavras, foi em direção da katana e ao segurá-la sentiu sua leveza, mas havia perdido noção de há quanto tempo não empunhava uma espada para combate. Ele sabia bem que Akagi também não era de utilizar armas, a imperatriz se destacava por seus poderes mágicos e a conjuração de magias poderosas, mas ele nunca a vira utilizando nada daquele porte. Teve de segurar seus dedos daquela vez, seu orgulho como pessoa estava em jogo.
Aerus e os demais estavam apreensivos, ninguém nunca sabia do que Mikau poderia ser capaz. Apesar da pouca noção com aquele instrumento de guerra, ambos demonstravam a leveza única dos Pokémons aquáticos em demonstrar lutas magníficas. O vestido transparente de Akagi se mexia como em uma dança, e seu corpo era esculpido pelo biquíni enquanto seus cabelos de fios violeta balançavam ao toque do vento na direção oposta.
Mikau a incitou a avançar:
— As damas primeiro.
Akagi ergueu sua espada e golpeou o atirador de cima para baixo. Mikau foi rápido o suficiente para defender-se, mas ainda estava se adaptando ao peso da katana. Desviou mais algumas vezes antes de começar a atacar novamente, e conforme o ritmo progredia mais ele percebia que também gostava daquilo.
— Seus movimentos ainda são duros e enrijecidos. Solte mais o seu corpo — disse Akagi.
A respiração de Mikau ficava pesada. Ele sabia que todos o estavam observando, desde Aerus até outras mulheres, e principalmente ela. Era por causa dela que Mikau queria dar o seu melhor, esperava impressioná-la e provar sua versatilidade. Quem era ela para corrigi-lo? Quem precisava de ainda mais treinos, afinal? Já se sentia o homem mais poderoso da terra em sua atual maneira.
A imperatriz fez um segundo corte lateral quase derrubando a espada da mão de seu adversário. Mikau viu a ponta da arma apontando em sua garganta, e do outro lado Akagi continuava estática com um sorrisinho singelo em seus lábios.
— Um a zero. Você está perdendo.
Mikau franziu o cenho e começou a ficar ainda mais irritado. Ouvia risadinhas, e pensava que eram por causa dele. Todos os murmúrios eram à seu respeito, todas as ofensas. Perdia a concentração quando experimentava algo novo, estava louco é para largar aquela espada e meter um tiro na testa da mulher, mas precisava se conter. Não gostava nem um pouco de perder.
Na segunda investida, vendo uma oportunidade conseguiu acertar as vestes no ombro de Akagi, revelando um pedacinho de sua pele alva. Foi a vez dela de olhar sua roupa rasgada e não gostar do que viu, mas aquilo dera uma ideia para seu oponente. Mikau avançou mais uma vez, cortando assim a saia de Akagi sem que ela notasse de onde vinha o movimento. Assim que a imperatriz olhou com mais atenção, percebeu que suas vestes estavam despedaçadas e ela vestia apenas o seu biquíni por cima do corpo sensual.
— Uow, isso aqui está ficando quente! — gritou Aerus animado.
A escolta deKabutops de Akagi preparava-se para interromper a luta diante daquele insulto, mas a mulher os impediu. Viu que Mikau conseguira atiçar sua atenção, e estivera até então se segurando para não machucá-lo. Avançou como uma onda que cobre seu adversário e oculta sua visão, obrigando que Mikau se defendesse com sua espada e piscasse de súbito, mas ao notar com mais atenção sua camisa caiu despedaçada no chão, revelando assim os ombros largos e as costas definidas. Em seu peito estava a terrível cicatriz deixada por Ereon, algo que ele vinha escondendo dos demais membros da guilda até então.
— C-Como foi que você...?
— Você é quem começou — respondeu Akagi guardando a espada na bainha, e no mesmo instante eram os shorts de Mikau que caíam destroçados.
Wiki quase deu um berro de alegria.
— Minha nossa, essa luta está sendo melhor do que eu imaginava!
Mikau estava sério, não ligava de estar vestido apenas com suas roupas íntimas, sabia que havia conseguido despertar a atenção de sua oponente pois fizera o mesmo com ela. Os dois trocaram olhares mais uma vez e foram se aproximando. Nenhum lado admitia que a luta havia terminado.
Akagi já não conseguia esconder a risada discreta de que sua atenção mirava em outras coisas. Mikau dizia o mesmo, eram muitas curvas para olhar. Por fim, a mulher abandonou sua posição de ataque e guardou a katana pela última vez.
— Excelente — ela falou num tom sincero. — Acho que por hora está bom, você me convenceu de que tem motivos para sentir tanto orgulho de seus poderes.
Megatlith, o sub-administrador troncudo de Akagi, trouxe-lhe um pano de seda para que sua senhora se cobrisse. Seus subordinados se afastaram, e antes que ela entrasse em seus aposentos ainda parou e olhou para trás onde Mikau ficava a observá-la claramente interessado, cada vez mais encantado com a força e as atitudes daquela mulher capaz de fazer-lhe frente em um combate.
Aerus e Wiki foram logo ao seu encontro, os demais membros da guilda presentes no treino foram se afastando depois que o espetáculo terminou, cada qual com sua opinião sobre o resultado da luta. Aerus elogiava a coragem de seu parceiro ao encarar de frente a líder de uma guilda tão famosa quanto a Rip Tide.
— Cara, isso foi insano — disse Aerus de maneira alegre. — Vocês trabalham da mesma maneira, têm o mesmo movimento, a mesma linha de pensamento, e até a mesma força ousada que deve ser marca de sua espécie!
— Realmente, foi um arraso! — continuou Wiki. — E eu acho super válido você experimentar andar mais tempo por aí vestido só dessa maneira, suas costas é de deixar os melhores nadadores com inveja.
— Essa mulher realmente é uma peça interessante... — comentou Mikau olhando para trás onde Akagi já se distanciava, até que Aerus chamou sua atenção.
— Só tem uma coisa...
— O que foi?
— E a Milena?
Mikau fechou a cara e franziu o cenho de maneira pensativa, voltou a olhar para Akagi, e surpreendeu-se ao notar que a imperatriz também olhou para trás. Ele revelou um sorriso discreto, mas não deu uma resposta àquela pergunta.
O sol já se escondia atrás das montanhas.


{ 5 comments... read them below or Comment }

  1. Simplesmente... incrível Canas!
    Tirou algumas coisas que eu mencionei, mas colocou outros que vc achou que ia fazê-lo incrível! Realmente incrível (já falei isso umas 3 vezes).

    ReplyDelete
  2. mas este mikau é um fdp 8000* maior que o luke em sua maior loucura ! Sério , ele tá insultando uma dama , além de estar traindo a Milena! Sério mileninha , o mikau n te merece ! Vc deve estar na maior furada do éon (éon= 1.000.000 de anos )! Existem muitos homens 1.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000 de vezes melhores do que o mikau, e olha que este número nem existe !
    Lucarioiz
    P:S: é importante lembrar que nunca shippei mikau*milena !

    ReplyDelete
  3. Haters gonna Hate kk Mas esse Mikau sabe mesmo como deixar o pessoal irritado, é divertidíssimo notar a melhora do cara, a cada novo episódio ele arranja um jeito melhor de ferrar com tudo kkkkkkk Bem, Snow Blaziken, nunca dá para o Support ser exatamente com os temas que os leitores sugerem, acho que nunca houve sequer um episódio que tudo acontecesse perfeitamente igual, preciso estar sempre adaptando uma coisinha ou outra para o capítulo desenrolar da maneira certa.

    O Mikau é do tipo que requer extrema atenção quando se lê as falas dele, porque tudo pode ter um duplo sentido ou uma maldade a mais em suas conversas. Acho que atingi meu objetivo com este Support, só para badalar todas as estruturas nesse retorno dos Seis Meses e continuar melhorando um dos personagens mais complexos de Sinnoh. Não se preocupem, caros companheiros, quando vocês acharem que ele ultrapassou os limites, sempre vai ter um motivo pro cara ser ainda mais filho da p*ta. Aguardemos as batalhas futuras kkkkkkk Valeu pelos comentários aí pessoal, guardem as pedras, joguem no Mikau e não em mim! kk Eu sou apenas o cara que faz as entregas... ♫

    ReplyDelete
  4. Woooowwww!! Isso foi fenomenal! Adorei o suporte, e o temperinho de pimenta me atiçou kkkkkk
    Cara, quanta coisa foi dita num espaço tão pequeno... minha cabeça fica pensando mil coisas... assim como você mesmo disse... o Mikau é um personagem de devemos prestar uma dose maior de atenção, porque tudo que ele fala tem uma pitada de maldade, se é isso que posso dizer.
    Algo que acho bastante divertido é esta amizade que o Mikau tem com o Aerus, por mais que eles não passem muito tempo juntos, me lembro que um sempre se importa com o outro, mesmo não demonstrando... como aquela vez em que o Aerus foi obrigado a exilar o Mikau!
    A Wiki estava demais... os comentários dela junto com os olhares dos outros personagens foi muito engraçado... mas eu que dava de tudo para ver esta luta... um tirando a roupa do outro... ufa... melhor eu parar, porque já pensei muita besteira aki kkkkkkkk... ahhhhhh se eu fosse o Mikau não ia ficar dando mole com uma guria daquelas sem roupa na minha frente, mas de jeito nenhum kkkkkkkkkk
    Agora os comentários dos personagens foram muito interessante... a troca de olhares do Mikau com a Akagi... e isso só mostra que os dois lados estão interessado, e por mais desleal que o Mikau tenha sido em tirar a roupa dela na luta; ela teve a opção de parar; mas preferiu continuar, e isso já mostra que ela também estava curiosa para saber de muuuuuuitas coisas dele.
    No final quando o atirador fica olhando a imperatriz se afastar, e depois de uma distância ela olha para trás... ahhhhhhhh cara... é este olhar 43 que nos mata... é este pequeno olhar de rabo de olho que nos faz entender tudo que elas querem! A Akagi me parece uma boa mulher, daquelas que não trairiam uma amiga, ou que fariam coisas erradas, já o Mikau... eu tenho uma leve impressão que ele poderia esconder o fato da Milena existir... e isso já ficou meio implícito, quando o Aerus pergunta dela para ele, e nenhuma resposta foi ouvida.
    Mas de todas as cenas deste SC, o mais espetacular foi “O sol já se escondia atrás das montanhas.”...pois é guri... A Milena esta desaparecendo, o titulo do support já diz muitas coisas!
    Parabéns pela escrita Canas!!!

    Flw

    ReplyDelete
  5. Cara, não é nada fácil saber interpretar todas as mensagens que um autor espera dizer em suas páginas, mas geralmente fico impressionado como você capta todas kkk Lembro quando a Akagi começou como uma suposição de um par para o Mikau, afinal, os dois eram Kingdras e poderiam ter muito em comum. Foi ideia dessa Litos revoltada em criar todo esse trinângulo, e hoje quando olho para a Akagi não sei se vejo uma mulher ainda pior do que o Mikau ou uma moça boa, que acaba sendo influenciada pelo mestre da persuasão. Bem, alguns personagens acabam exercendo mais poder sobre os outros, e eu acho foda como o Mikau tem força para drenar tudo que precisa de qualquer personagem, sabe? Digo, ele não aparece para ser um coadjuvante, quando o cara quer ele rouba a cena até mesmo do protagonista! kkkk

    É, meu caro... Você acompanhou o crescimento do Mikau como um verdadeiro desgraçado kkkkk Acho que esses dois Supports seguidos falaram muita coisa sobre ele, e cada episódio que passa fico mais ansioso para chegar nos últimos capítulos e lutas da fic onde esse cara faz umas coisas que é capaz de impressionar até os mais preparados. Poxa, mas eu gosto de surpreender. Não sou de quebrar casaizinhos, mas dessa vez eu precisei kkk Eles ganharam um lindo troféu no último Omascar, então ganharam de presente um rompimento de relação kkkkk God, é muita maldade... Ehh, companheiro. Homens e mulheres são complexos, nem sei como consigo tirar as atitudes do Mikau de minha mente, ele é num nível odioso de personagem, é como se fosse humano mesmo, e creio que justamente por isso se torne tão incrível. Valeu ae, man!

    ReplyDelete

- Copyright © 2011-2017 Aventuras em Sinnoh - Escrito por Canas Ominous (Nícolas) - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -