Posted by : CanasOminous Dec 23, 2013


"Eu ainda estou te ouvindo." Beliel, Capítulo 54.

Beliel é um Houndoom, e o Número 8 na contagem da extinta Grande Criação dos Rockets. Foi o guerreiro incumbido de proteger as prisões da facção, e passou a ser considerado o Carcereiro dos Portões do Inferno pelos soldados, desde prisioneiros até cientistas que o temiam. Beliel cumpre cegamente qualquer obrigação que lhe incumbirem, é um Pokémon extremamente leal que não está disposto a falhar ou deixar de cumprir seus objetivos. Quando encontra um mestre, ele se dedica completamente à esta pessoa, tornando-o uma faca de dois gumes na mão de quem tiver seus poderes. Se por ventura vier a cair em mãos erradas, Beliel tem a força e determinação para caçar e matar qualquer pessoa até os confins do mundo se necessário, mas se seu treinador for justo e tiver um senso de bondade, Beliel torna-se um cão de guarda que jamais permitirá que nada acontece ao seu dono.

Enfrentou Al Capone e Lyndis no Setor Zero, o local reconhecido como o próprio inferno em que os Rockets aprisionavam suas vítimas e nunca mais permitiam que escapassem sob vigilância do Houndoom. Alguns cientistas e Pokémons da facção o chamavam de Hades, o deus da morte na mitologia grega. Sua maldade atroz o tornou símbolo de ferocidade, exterminava suas vítimas de forma cruel sendo considerado a pior punição para os experimentos falhos descartados. Beliel é capaz de consumir fogo para tornar-se mais poderoso, por sorte ele delimitava-se a não sair de sua zona de conforto, cumprindo apenas com as ordens que lhe delimitavam e alimentando-se com o que jogassem para ele.

Após ter sido clonado enfrentou sua verdadeira forma, o Houndoom de Archer. O mais forte teria o privilégio de continuar na facção, e Beliel levou a vitória absoluta exterminando sua versão verdadeira. Era considerado o mais terrível integrante dA Grande Criação.

• MOVESET •

Beliel possui a incrível habilidade Flash Fire que permite absorver fogo e regenerar suas energias. Os golpes Pursuit e Sucker Punch são utilizados para perseguir seu adversário, nunca deixando-os escapar mesmo quando seu treinador pede para que retornem ou ataquem primeiro. Seu corpo pode aquecer-se a ponto de derreter tudo ao seu redor, tal como mesclar-se ao escuro e mover-se sem ser visto por ninguém, nem pelos próprios Pokémons Dark-type. Seu golpe mais poderoso é o Fire Blast, onde Beliel expele uma explosão de fogo mortal.

~ Pursuit
~ Sucker Punch
~ Fire Blast
~ Dark Pulse

• FIRE TALES •

Beliel era considerado um homem violento e orgulhoso, mas descobriu-se que esta nunca foi sua real natureza. Ele é apenas um sujeito solitário e de poucas palavras, que prefere não ser o centro das atenções, mas manter a vigilância de longe para proteger os demais. Ele pode ser cego, mas a ausência da visão realçou todos os seus outros sentidos, e tal recesso deu-lhe a habilidade de poder pressentir até mesmo os mais silenciosos guerreiros. Um de seus maiores anseios era descobrir qual era a real aparência da garota que enfrentou na Ilha de Ferro, e ao saber que poderia sentir e tocar Lyndis pela primeira vez Beliel decidiu por ingressar na Fire Tales.

Possui uma excelente audição e olfato pela falta de sua visão. Beliel é cego, mas após a derrota na Ilha de Ferro foi como se ele retornasse do próprio Inferno com novas habilidades e poderes. Ele descobriu que sua era capaz de enxergar formas e cores em uma realidade alternativa, dando-lhe a capacidade de enfrentar até mesmo inimigos que se movem nas sombras. Com seus poderes de absorver fogo e escuridão, Beliel torna-se praticamente imortal, pois mesmo quando é gravemente ferido de alguma maneira ele é capaz de retornar à vida e curar-se. Substituiu Atomico como o sub-administrador da Clony Guild, tornando-se o braço direito de Seth nas batalhas.

"Obrigado pela oportunidade, menina. 
Obrigado pela segunda chance."  Beliel, Capítulo 59.

"Vocês entraram em meus domínios, e quem pisa no tártaro 
não merece uma segunda chance de sair vivo."  — Beliel, Capítulo 54.


Primeira Aparição e Evoluções na História
Batalhas e Cenas Importantes de Beliel
Support Conversations e Episódios dos FT Importantes com Beliel
Imagens do Artbook


Respeito e Lealdade

       
Rivalidades
      

Soundtrack
Beliel's Theme - Demons (Imagine Dragons)

"Quando você sentir o meu calor
Olhe nos meu olhos
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem
Não se aproxime muito
É escuro aqui dentro
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem"

• HISTÓRIA •

Nativo de Johto, Beliel era o cão de guarda do próprio Archer, executivo da renomada facção dos Rockets. Há cerca de três anos houve um terrível acontecimento em que Beliel estava envolvido, e após uma tensa batalha contra um treinador poderoso o cão veio a perder a visão. Disposto a dar uma segunda chance para  a criatura, o próprio Archer veio a oferecê-lo como cobaia para os experimentos. A clonagem foi um sucesso, mas a visão não pôde ser devolvida ao clone, mas com a rápida recuperação o Houndoom criado conseguiu facilmente adaptar-se a ambientes escuros e veio a desenvolver o faro e a audição três vezes melhor do que os de sua raça. Apesar da clonagem, Beliel tornou-se audacioso e voraz e não admitiu ser dominado por mais ninguém, nem mesmo por Archer. 

Beliel teve de ser afastado da facção e até mesmo dos humanos e Pokémons. Foi preso dentro da própria base onde começou a construir seu império, sendo chamado por muitos de "o Senhor dos portões do Tártaro", sua moradia. Seu orgulho fez com que perdesse a consciência do certo e do errado, os humanos haviam tirado sua visão, e por conta disso ele quis eliminar todos que adentravam seus domínios, devorando-os com brutalidade ou consumindo-os pelo fogo sem misericórdia. Era um Pokémon temido por seus próprios criadores, e apesar da clonagem ser considerada um sucesso, tornou-se indomável até que encontrou alguém mais poderoso para domesticá-lo. Sua primeira emoção foi o Orgulho.

TRIVIA
  • Beliel teve a personalidade e a aparência criada por Litos;
  • A idade de sua aparência final é de 27 anos;
  • Seu nome deriva da mitologia cananita, Beliel é citado como um dos demônios da Goetia, símbolo da arrogância e da loucura, o oposto a luz;
  • Os acontecimentos e ocorridos que rodam as aparições de tal personagem têm diversas referências ao inferno da mitologia grega. Beliel é como o parceiro de Neon, ambos são tachados como guardiões de zonas de eterno tormento e sofrimento. Quando os Rockes descartam uma clonagem mal feita eles a enviam para as mãos de Beliel como forma de extermínio dos experimentos sem uso. Por conta disso seus domínios foram tachados como o próprio Tártaro, o oposto aos Campos Elísios. Caso eles não sejam enviados para as prisões de Beliel, são enviados para o Rio do Infortúnio, afluente do Rio Estige localizado no Mundo dos Mortos na mitologia grega. É onde Neon Photorine reside como a barqueira infernal;
  • Beliel é uma referência ao cão do inferno, Cérbero (Em grego, Kerberus: Demônio do Poço). Na mitologia grega é Cérbero quem guarda os portões do reino subterrâneo dos mortos, deixando as almas entrarem, mas jamais saírem. No caso de Beliel ele é como um Cérbero livre, autônomo e sem obrigações, ele não permite nem que entrem e nem que saiam das prisões. Por conta disso estimava-se que exista uma outra entrada para as prisões dos Rockets, que não seja passando por sua vigilância incansável;
  • O item Blinker não pode ser encontrado nos jogos. Seus atributos seriam o seguinte: Boosts accuracy if the Pokémon is blind;
  • Os Houndoom só aprendem o golpe Sucker Punch por meio de Breeding. Por ser um Pokémon clonado, não importava qual fossem seus ataques, Beliel poderia aprender todos independente de quem fossem os seus pais. É como se ele fosse um Pokémon feito por meio de Cheats e Game Shark nos jogos.

Awards & Nominations

Beliel foi o vencedor da categoria de Melhor Pokémon Vilão da Saga Diamante, derrubando até mesmo seus superiores dA Grande Criação, Seth e Atômico. Ganhou também a enquete de Pokémon favorito no Arco dos Clones, com 86 votos.
  • Melhor Pokémon Vilão (Saga Diamante);
  • Nomeado à Melhor Soundtrack (Saga Platina) com Demons;
  • Nomeado à Pokémon Revelação (Saga Platina);
  • Nomeado à Melhor Batalha Contra os Remarkable Five (Saga Platina) com Aerus, Coffey, Jade, Yoshiki, Bonna Party e Davy Jones - Capítulo 97.
  • Nomeado à Melhor Batalha no Torneio de Guildas (Saga Platina) com Watt e Cia. - Capítulo 91.

{ 5 comments... read them below or Comment }

  1. Eae Canas, blz? Beliel agora é meu favorito. A frase dele ainda perambula por minha mente: "Eu ainda estou te ouvindo." Gostei bastante da história dele, mas gostei mais das trivias. Gosto muito da mitologia grega, aprecio muitos suas histórias, é uma das coisas mais criativas que já vi em minha vida. Quero ve-lo novamente, mas claro, ainda torço pelo os FireTales! Até mais!

    ReplyDelete
  2. Adoro o Beliel (vilões nesse estilo me gustam) mas enfim, chego a conclusão de que, se os que não são mandados para ele são levados para o rio estinge (ou Styx) o clone que guarda essa área deve ser Water/Dark, assim podendo ser um Sharpedo ou Crawdant (também posso estar exagerando, é só que amo Pokémons Dark e Pokémons de Hoenn).

    ReplyDelete
  3. Concordo com o Luis, também gosto da mitologia grega, principalmente do Cérbero. Beliel é meu favorito até o momento dA Grande Criação, por isso espero ainda mais vindo delr!

    ReplyDelete
  4. Você sabe que não vou muito com a cara desse Pokémon assustador, e você transforma ele em uma máquina mortífera?! Quer me matar do coração?! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Beleza, nossos pesadelos em forma de Pokémon da infância surgiram juntos, Muk e Houdoom, agora resta torcer para que ele seja vencido bem rapidinho, tá? kkkkkk Ok, agora sem brincadeiras, eu lembro que foi o único membro dos dez clones que eu pude ver finalizado, que você até mencionou que foi a Litos quem fez, não é? O vilão em si, como sempre, vocês capricharam em aparência e personalidade.

    Essas duas frases que você colocou no post fazendo referência à estória foram algumas das mais épicas de todas! "Eu ainda estou te ouvindo.". Velho, isso é demoníaco! Um cara que ficou cego e consegue vencer os adversários pelo som, tato e etc é muito fooooda! kkkkkkkk E ainda por cima ele é o guardião do Tártaro! Você já deve ter uma "ligeira" impressão que eu curto essas paradas de mitologia grega, então curti muito essa interligação. Até onde vi tem outro clone que também faz uma referência assim, então mal posso esperar para vê-lo em ação!

    OBS: Esse item Blinker seria super foda, man! Quem sabe depois a gente conversa e quando for sair uma hack room de Ethron não possamos adicionar esse item? :D

    ReplyDelete
  5. Demons <3 Don't get so close (acho que é isso =P) Is dark inside - Is where my demons hide, Is where my demons hide...

    Um dos melhores personagens :3 E, huh, a arte ficou muito boa, parabéns pra quem fez.

    Acho simplesmente demais o lar dele: O Tártaro. É, o local no Mundo Inferior em que as almas más (monstros, titãs, deuses vadios) se estabelecem e simplesmente funcionou muito convertido no Mundo Pokémon, muito mesmo! Acabei de ler um livro ("A Casa de Hades") que tem esse cenário e um personagem muito parecido com o Beliel e toda vez que vejo a tal cão eu me lembro deste personagem (Nico) haha. Em qualquer episódio destes você podia bem que organizar uma exploração bem profunda nas profundezas do Tártaro (kkkkkkk).

    Outra coisa - que eu devia ter comentado no último capítulo e esqueci - é que o Pokémon P.O.V foi fantástico e estava propondo que além de ser do ponto de vista dos pokémons, que fosse do ponto de vista de um pokémon específico, ficaria muito, mais muito mesmo, foda se o Beliel "narrasse" boa parte de um capítulo viu. Deixe essa ideia florescer kkkkkkk.

    É um personagem muito bem construído, é verdade. Ninguém pode negar...

    Cya!

    ReplyDelete

- Copyright © 2011-2017 Aventuras em Sinnoh - Escrito por Canas Ominous (Nícolas) - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -