Posted by : StarChan Jul 28, 2014

Quem nunca estava jogando aquele jogo magnífico e de repente, começa a tocar em uma cidade ou fase uma música tão incrível que faz você parar o personagem só para ouvir e curtir? Aposto que muitos de você. Mas, o quanto uma música pode interferir nos nossos ouvidos, no nosso cérebro ou na nossa vida?

Em Fevereiro de 1996, saia no Japão as primeiras versões da aclamada franquia Pokémon - Red e Green – e nem é preciso comentar o sucesso que os jogos fizeram, porém, havia algo no jogo que chamava atenção além de toda inovação em capturar monstros, havia uma música que atraía a atenção de todos, essa música era incrivelmente bonita, mas ao mesmo tempo assustadora, se tratava do tema de Lavender Town.

Tudo estaria bem, até que 12 anos, uma discussão em fóruns da internet sobre creepypastas resultou em uma revelação de um usuário/detetive que dizia que havia registrado 100 CASOS DE SUÍCIDIOS de crianças entre 10 a 15 anos no Japão uma semana após o lançamento do jogo, o relatório revelava que após algumas horas de jogo as crianças apresentavam dores de cabeça, violência, sangramento de olhos e ouvidos, alterações de humor, reclusão (isolamento), apatia (tristeza), e, em alguns casos, tendências suicidas, até então, não se sabia a causa, se concluía apenas e era a causa mais aceitável, que tudo era culpa das longas horas de jogo, coisa que os asiáticos são conhecidos.

Porém, ao olhar o save de algumas vítimas, puderam notar que todas haviam chegado na mesma cidade, nesse caso, Lavender Town, e que a maioria dos sintomas ficavam mais forte com aqueles que jogavam com fones de ouvido, a explicação dada pelo detetive é que a música continha batidas binaurais, tipo de frequência onde um ouvido ouve uma sonoridade, e o outro, uma diferente, assim o cérebro traduz para uma única, então por isso o efeito da música causava os tais suicídios.

Continuando com os casos, um relato de outra pessoa era o que mais chocava, ele contava que ele e um amigo haviam gostado da música, e não sabiam o que era tão bonito nela, um dia, o amigo foi encontrado morto e em seu computador, estava um arquivo com a tal música levemente alterada.

Abaixo, estará dois vídeos, o primeiro com a música original do jogo Red/Green, aquele lançado no Japão, não aqui no ocidente.

AVISO: A MÚSICA PODE CAUSAR UM EFEITO NEGATIVO EM ALGUMAS PESSOAS, PEÇO PARA QUE ESSAS QUE ESTIVEREM ALGUMA SENSAÇÃO RUIM, NÃO CONTINUE OUVINDO A MÚSICA. ISSO VALE PARA OS DOIS VÍDEOS.


O próximo vídeo é a música colocada em um espectrograma, programa onde pode-se ver as ondas de uma música, e o resultado, é o mais assustador possível.


Assustador,não? E aí, qual a opinião de vocês? É uma maldição mesmo ou apenas coincidência? Comentem aí.

Fonte: TirantGamer-Canal do Youtube- Mitos e Lendas

{ 2 comments... read them below or Comment }

  1. MEU COMENTÁRIO FOI ENGOLIDO QUANDO EU LOGUEI NO BLOGGER!

    Enfim, o jeito é reescrevê-lo. A verdade é: se você nunca sentiu um calafrio escutando essa música, então sinto muito amigo. Você não jogou Pokémon de verdade.

    Imagine a cena: você jogando Red/Blue/Yellow (porque Gold/Silver/Crystal já não têm a música tão assustadora quanto nas primeiras versões). Tu entra na Pokémon Tower, mas a música da cidade de Lavender ainda fica na sua cabeça. Do nada aparece um Missing.no. É pra exorcizar! É numa dessas que você morre do coração!

    Aliás Van, cuidado com o que posta! Depois vamos ter que aturar processos judiciais envolvendo homicídio culposo, kkkkkkkkkkkk. Eu encarei o episódio do Porygon numa boa, mas não consegui ouvir essa música até o fim.

    Foi muito legal você ter trazido essa matéria. A creepypasta é bem conhecida já, mas ela nunca fica enjoativa. A gente se fala!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Sou o tipo de pessoa que odeia terror, mas eu sou muito curiosa com certas coisas, então geralmente vivo me tremendo pelos cantos :v

      Ah, o Missingno nunca foi de Deus,combina ele com Lavender... É pra pedir suicídio :s
      Estou preparando meu advogado de defesa pra garantir que eu não seja presa.

      Obrigada por comentar e por ter curtido, pretendo trazer outras creepypastas :)

      Delete

- Copyright © 2011-2017 Aventuras em Sinnoh - Escrito por Canas Ominous (Nícolas) - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -