Posted by : CanasOminous Jan 12, 2019

Se a Vivian passava a sensação de ter sido completamente abandonada da terceira temporada em diante, temos aqui a campeão do esquecimento — Dawn Manson tinha tudo para ser a verdadeira protagonista da jornada, é com ela que começa a aventura, desde o Capítulo 1 até o incidente com as famosas batatas gratinadas. E nunca, em momento algum, ela segue sua motivação de querer se tornar uma pesquisadora.

Tudo bem, no começo até vemos um pouco de sua experiência ao lado do Profº Rowan, mas isso se perdeu conforme a história progredia e havia inúmeros fatos mais interessantes para se trabalhar, como a Liga Pokémon, o Grande Festival e o Team Galactic. Dawn sequer teve um final decente, até o último capítulo ela foi apenas a parceira romântica de Luke e, para quem leu o Capítulo 100, deve ter sido um choque saber que os dois terminam. Mas a verdade é que esse foi o momento para que ela crescesse de verdade.

Dawn só recebeu a atenção que merecia no Capítulo 101, onde descobrimos que ela passou a viver com Cynthia e começou a faculdade. No Aventuras no Desconhecido, vemos um pouco mais de seus esforços com o estudo e nos divertimos com o jeito mais responsável dela, ainda que a garota meiga e insegura continue ali em algum lugar. Precisei de mais de 250 capítulos e  quase nove anos de história (AeS nasceu em Março de 2010), para entender o que eu queria para a Dawn e apresentar um desfecho adequado. O que será que o futuro guarda para essa jovem aspirante a pesquisadora?

Participe! Deixe um Comentário!

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

- Copyright © 2011-2019 Aventuras em Sinnoh - Escrito por Canas Ominous (Nícolas) - Powered by Blogger - Designed by CanasOminous -