Archive for October 2014

Halloween em Sinnoh

Você está preparado para o Halloween desse ano? Prefere gostosuras ou travessuras? A galera da Fire Tales já entrou no clima com este desenho da Nyx! Decidimos também de última hora também trazer um template especial em comemoração a este evento de terror, ilustrando três das criaturas mais assustadoras de nossa história na imagem de topo (Tem mesmo como achar o General assustador?). Estamos considerando trazer também novos templates temáticos para datas festivas, o que acham? Dar uma alterada na rotina é sempre bacana!

E então? Vai ficar em casa assistindo algum filme de terror? Prefere sair na rua e se deparar com um slenderman ou algum palhaço do capeta te esperando na esquina? De uma maneira ou de outra, se achar que ficar em casa é mais seguro, tome cuidado para não acabar no escuro e tendo a impressão de que está sendo observado, e nem saia perambulando pelos corredores usando só a luzinha do celular! Dizem que nesses dias a energia dos espíritos ganha força e eles conseguem sair por aí, aparecendo para algumas pessoas seletas. Embora o Halloween não seja tão famoso no Brasil, ficam os desejos de que vocês possam ter uma noite tenebrosa, que acabe a energia da casa de vocês e a internet só volte na manhã seguinte! Isso sim seria aterrorizante... *risos*

Fiquem de olho na Aliança Aventuras, pois algumas regiões estarão trazendo postagens e contos de terror para os leitores mais amedrontados. Por que não confere algumas de nossas histórias mais bacanas do gênero aqui em Sinnoh também? Tenham uma boa noite! 

Os Fire Tales decidem tirar uma noite para assistir o famoso filme de terror Sinnoh Hill, baseado na trama de Silent Hill. Você é capaz de encarar alguns vídeos bizarros das mosntruosidades que habitam nessa cidade perdida? Ou vai acabar caindo na risada com essa galera medrosa que não aguenta um filminho de terror? (Tipo, eu.)

Em um capítulo especial que traz os protagonistas da jornada em uma estadia qualquer, um estranho evento envolvendo um assassinato antigo e letras misteriosas na parede começa a assombrar Luke e seus companheiros. O que acha de dar uma conferida nesse conto de terror?

Em um dos primeiros capítulos de suspense lançados na fanfic, o episódio em que Glaciallis se une ao time foi muito celebrado e até hoje alguns leitores se deliciam com o desenvolvimento dessa trama. Vai entrar no Old Chateau e desvendar seus mistérios, ou prefere ficar de fora?

Confira a creepypasta mais famosa do mundo Pokémon, e lembre-se dos terrores de Lavender Town nesta postagem escrita pela Star-chan!

Quer ler mais algumas creepypastas bizarras? Já ouviu a história de Giygas, o chefão final do game EarthBound que gerou muita polêmica e tornou-se uma lenda na internet? Mas tome cuidado, porque COM O MAL NÃO SE BRINCA! *risos*

Burning Love (Capítulo 1)

Comemorando o lançamento de Ômega Ruby e Alpha Sapphire que chegam a nossas mãos em 21 de Novembro, decidi trazer ao blog uma fanfiction antiga minha, escrita no comecinho de 2012 quando os remakes de Hoenn não passavam de meros sonhos dos fãs, e nós ainda perambulávamos pela Saga Pérola aqui em Sinnoh.

A história traz Courtney, a linda administradora do Team Magma que conhecemos bem mais aprofundadamente no mangá, em um romance de aventura e cotidiano ao lado do jovem Brendan que mergulha nesta magnífica região, que durante muito tempo foi a minha favorita, afinal, a primeira vez que joguei de verdade um jogo de Pokémon foi com Ruby e Sapphire. Espero que curtam essa pequena fanfic, estarei postando episódios semanalmente até que o lançamento dos jogos sejam feitos. Burning Love havia sido originalmente postada na Arena Pokémon, mas como foi apagada, estou voltando a compartilhá-la por aqui. Apesar de curta e de ter sido escrita há tanto tempo, ainda guardo um imenso carinho pela qualidade e simplicidade dessa história. Um grande abraço aos leitores, continuem de olho nas novidades! — Canas Ominous.


CAPÍTULO 1
Garota Flamejante

Uma linda moça permanecia encostada sobre a parede rochosa da encosta de uma montanha, o local dava vista para todo o continente de Hoenn que exalava sua eterna beleza em torno das rotas e florestas esquecidas pelo próprio tempo. Era uma região antiga, sempre abordara grande influência pela parte geográfica, e por isso era constante marco de pesquisa por parte de especialistas na área. Aquela moça adorava a terra, era seu berço e única casa onde se sentia confortada. O oceano azul era seu inimigo, em seu coração ela sempre guardara um certo desconforto para com o imenso azul, e por isso decidira seguir sua vida opondo o mar. Aquela mulher ocupava um cargo importante onde trabalhava, era uma das responsáveis pela organização do Team Magma, uma corporação que atuava no continente e visava a expansão de novas terras.
Porém, naquele momento nada parecia importar. A sinfonia formada pela brisa ressoava em seus ouvidos criando uma sensação de conforto única. Era no pico daquela montanha onde aquela moça podia sentir-se tranquila e longe de seus problemas. O ser humano precisa de um momento para estar em harmonia com sua mente, e durante toda sua vida ela ainda não havia encontrado o que realmente buscava.
Seu nome era Courtney. O suave toque do vento batia sobre o rosto delicado que a mulher tinha, seus olhos eram azuis e brilhavam como o céu límpido de uma manhã ensolarada. Ela tinha cabelos na altura dos ombros e vestia um longo vestido de cor avermelhada, o símbolo de sua corporação. Tinha seios exuberantes e um corpo bem formado, aparentava ter por volta de seus trinta e três anos, e por isso, era cobiçada pelos demais membros da corporação. Porém, mantinha a fama de malvada. Nenhum homem procurava envolver-se com Courtney por sua malícia e crueldade em sua missões. Preferia ficar sozinha, e o único momento que podia alcançar sua paz interior era excluindo-se do mundo conturbado e abrigando-se nas montanhas longínquas do Monte Chimney.


A mulher permanecia deitada sobre a grama quando uma pequena criatura pareceu aproximar-se sorrateiramente, era um cachorrinho de pelagem negra conhecido como Poochyena que vasculhava a terra á procura de algo, e ao sentir o cheiro de Courtney, rapidamente retornou para um homem que subia o monte de forma exausta.
— Senhorita Courtney, Senhorita Courtney!! Finalmente encontrei-a, venho trazer as ordens diretamente vindas de nosso Líder Maxie para a senhorita. — disse um homem que vestia uniformes vermelhos com detalhes em preto que estampavam o logo de sua equipe.
— Desgraçados... Quem revelou a localização de meu novo esconderijo? Não está vendo que eu tento fugir das adversidades dos Magmas? — praguejou a moça, passando a mão em seu rosto e parecendo ignorar o mensageiro por completo.
O homem intimidou-se por um momento, pois Courtney era sua superior e também líder de seu batalhão, mas não hesitou em falar:
— Acho que a Senhorita deveria tentar ser um pouco mais delicada com as palavras...
Courtney levantou-se bruscamente no momento que ouviu o descontentamento. O pobre soldado intimidou-se da mesma forma que seu Poochyena parecia apavorado com a figura maléfica que estendia-se em sua frente. Courtney arrancou a cartas da mão de seu súdito e o dispensou, o homem não ousou dizer mais nada, e apenas correu na companhia de seu pequeno cãozinho farejador.
A graciosidade daquela mulher havia desaparecido, embora tivesse um lindo sorriso ela raramente o mostrava. Não se sentia na confiança de compartilhá-lo com mais ninguém, de modo que se contentasse a estar feliz quando estava sozinha. A companhia humana lhe irritava, os Pokémons não passavam de armas, a vida de Courtney resumia-se a fugir de todo o resto para estar em harmonia consigo mesma. Uma paz que até hoje não encontrara.
— Homens malditos... Pensam que podem vir a dar conselhos para as mulheres sem mesmo saber do que estão falando. — balbuciou ela, ainda descontente com o comentário feito pelo soldado.
Courtney abriu o envelope que tinha recebido e assim encontrou uma carta adornada em um papel inteiramente negro com detalhes vermelhos na lateral. As letras eram todas feitas de uma tinta dourada, sendo evidente a caligrafia de seu líder Maxie, um homem respeitado e educado que prezava o bem estar de toda a sua corporação. Ela olhou indiferente para o envelope à procura de algo mais importante, como um presente ou coisa parecida; a carta era longa, e ela não estava nem um pouco interessada em lê-la, deixando-a de lado logo em seguida.
A moça tornou a deitar-se no chão gramado observando o céu calmamente. Ela soltou um longo suspiro e tornou a sorrir, mas logo teve seu bem estar suspenso quando pôde ver nuvens cinzentas aproximando-se da montanha em que estava.
— Não consigo descansar nem por um minuto?
Courtney pegou sua pequena mochila, as cartas, e logo entrou em uma caverna nas redondezas. Ela nunca tivera uma moradia fixa, se contentava com pouco e não ligava muito para roupas, cabelo, ou maquiagem. Podia-se dizer que ela era um tanto relaxada naquele sentido, tanto que até cortara seu cabelo na altura dos ombros para não se dar no trabalho de lavá-los frequentemente. Porém, a moça ainda tinha uma beleza deslumbrante. Se algum dia um homem a convecesse de arrumar-se ela se tornaria uma deusa.
A moça sentou-se sobre uma pedra e acendeu uma fogueira. Não demorou muito para que uma fina garota começasse a cair. Estava entediada, detestava ler, destetava pensar muito. Era o típico exemplo de uma aluna que evitara a escola durante toda a sua vida. Passaram-se alguns minutos até que o tédio lhe desse forças para tentar ler a carta que seu chefe a enviara. As letras miúdas pareciam embaralharar a mente de Courtney que odiava aquilo a cada segundo.
— Se todo mundo sabe que eu não sei ler direito então por que escrevem com letras tão pequenas?!
Ler era uma vontade sua, mas não tinha mais tempo para isso. Entendia algumas palavras jogadas de modo que compreendesse o assunto central, embora os outros membros dos Magmas sempre tentassem ajudá-la com tal tarefa. Ela era mal agradecida, nunca dizia palavras de agradecimento e estava acostumada a ser solitária. Diziam que era falta de amar alguém, mas Courtney sempre se irritava quando lhe falavam isso.
— Missão para Senhorita Courtney... Littleroot Town. Garoto chamado Brendan... — dizia Courtney confusa como alguém que realmente lutava para entender o que estava escrito naquela carta — Que droga!! Eu odeio essas coisas, nunca consigo entender nada!!
Courtney levantou-se bruscamente e então jogou a carta no fogo. O envelope pouco a pouco começou a entrelaçar-se em chamas até virar cinzas. A mulher parecia estar em um frenesi até o momento em que avistou um homem na entrada da caverna. Ela ficou atônita no mesmo instante, rapidamente retomando sua postura severa ao perceber de quem se trava.
— S-senhor Maxie... Eu não sabia que o senhor viria me procurar. — disse Courtney.
— Não precisa desculpar-se Courtney, imaginei que estaria tendo dificuldades com a leitura, eu deveria ter imaginado que você assustaria aquele soldado de modo que ele nem mesmo tivesse tempo de ler a carta para você. — sorriu o homem amigavelmente.


Aquele era o líder da corporação do Team Magma, seu nome era Maxie, um homem charmoso e bem vestido. Tinha vestes elegantes e tonalidades ruivas com seu cabelo inteiramente jogado para trás. Seu porte era educado, e sua voz transmitia autoridade e competência ao mesmo tempo.
— Bom, vejo que a carta agora arde em chamas nessa pequena fogueira. — brincou o homem.
— Ahh. Foi um acidente, Chefe. Eu fiquei estressada.
O homem andou lentamente até o lado da moça e tocou seu ombro.
— É preciso aprender a conter mais seus nervos, Courtney. Até mesmo o fogo quando descontrolado pode tirar vidas. — disse Maxie.
A mulher pareceu pensativa por um momento, mas logo foi interrompida por seu líder que caminhou por algum tempo pela sala. Ele se colocou a observar a fina garoa que aos poucos começava a tomar mais força vindo a tornar-se uma possível tempestade,
— Chega de enrolação. Vim aqui para designar-lhe pessoalmente a sua próxima missão. É uma tarefa bem simples, você deve seguir até uma pequena cidade no extremo sul de Hoenn até a casa de um rapaz chamado Brendan.
— Só isso? Até essa parte eu havia entendido.
— E depois você deverá matá-lo.
Courtney manteve-se quieta por um momento. Aquilo não era nada fora do que era pedido no Team Magma, mas matar alguém nunca era uma tarefa fácil. Ela não conhecia o rapaz, provavelmente deveria ser um cientista ou integrante de seus inimigos do Team Aqua, então finalizar um oponente não seria tarefa complicada.
— Basta isso, Senhor? Depois estarei dispensada? — perguntou ela indiferente.
— Sem restrições. Basta eliminá-lo.                               
Courtney deu um ligeiro sorriso e logo deixou a caverna, ela lançou um grandioso pássaro conhecido como Swellow. A criatura serviria como transporte, e dentro de poucas horas ela estaria chegando ao ponto desejado. A chuva parecia engrossar, mas a moça não ligava. Só queria livrar-se de sua tarefa e encerrar aquilo de uma vez por todas.
— Como é a aparência desse tal de Brendan? — perguntou Courtney, colocando o capuz de sua roupa para evitar que os fortes pingos atingissem sua cabeça.
— Você saberá quando chegar. — respondeu Maxie.
Swellow tomou distância e logo sobrevoou a região. Do alto da montanha havia uma longa viagem até a encosta para a chegada em Lavaridge, e uma simples chuva não iria impedir que a tarefa de Courtney fosse cumprida.
Pouco a pouco a chuva parecia piorar até que viesse a tornar-se uma grande tempestade. Parecia que o Team Aqua tramava algo, pois as chuvas eram criadas a partir do Lendário protetor dos Oceanos, o grandioso Kyogre. Courtney continuou sobrevoando o céu com seu Swellow, o próprio pássaro parecia já não conseguir enxergar mais nada em meio aos fortes pingos que pareciam cortar a pele da garota.
— Vamos lá Swellow, sem descanso!! Precisamos alcançar essa cidade ainda hoje, não pretendo encarar mais um dia de tarefas! — gritou Courtney para seu Pokémon.
A ave continuou com força total, mas em um dado ponto não pôde nem sequer perceber a nuvem cinzenta que se formava em sua frente. Numa rápida manobra de esquiva, Swellow acabou por perder o equilíbrio pelo peso de sua mestra, perdendo assim um pouco de atitude de modo que Courtney fosse arremessada contra o chão.
A garota retornou seu Pokémon e praguejou em vão, estava extremamente irritada. Odiava a chuva, odiava as pessoas, estava perdida no mundo. Queria cumprir seu objetivo e então seguir sua vida, nada mais.
Por sorte, a ave a deixara próxima da rota 101, de modo que Littleroot fosse localizada apenas há alguns minutos de caminhada. Andar na chuva parecia uma eternidade, as roupas da equipe Magma pesavam, e seu moletom parecia não esquentar nada de tão úmido que estava. Courtney caminhou em silencio até alcançar a pequena cidade. Não haviam muitas construções, de modo que ela imaginasse que não fosse tão difícil encontrar o tal Brendan. Caminhou de porta em porta à procura das caixas de correio que informassem algum morador com tal nome, e por sorte, avistou uma pequena caixa próxima à varanda de uma casa:

“Para meu sobrinho, Brendan.”

Courtney abriu o pequeno portão que parecia nem ter segurança, era uma típica casa de campo em que as pessoas não tinham inimigos nem faziam ideia de que existiam ladrões. Todos pareciam viver na serena paz. A moça caminhou até a entrada e deparou-se com a porta trancada. Não era novidade àquela hora da noite.
Courtney deu a volta até alcançar uma grande árvore que dava até uma janela no segundo andar, provavelmente estaria trancada, mas bastava quebrá-la, finalizar o serviço, e ir embora. Na tentativa de subir a árvore, um forte vento bateu de forma que ela fosse arremessada para longe novamente.
A moça caíra no chão e machucara seu braço. A chuva lhe irritava, a água lhe irritava. A cada segundo ela parecia odiar mais aquela missão. Estava cansada e seu corpo doía, mas ela não hesitou em escalar a árvore mais uma vez até alcançar o quarto. Com destreza ela se aproximou da janela e abriu-a sem dificuldade, por sorte não estava trancada.
No momento tudo que ela desejava era sair da chuva. Estava tão escuro que e barulhento lá fora que ninguém teria notado sua presença sorrateira no cômodo. Courtney caminhou por um momento e deparou-se com um pequeno garoto dormindo em uma cama quentinha. O cansaço foi tanto que Courtney não se deu no trabalho de pensar duas vezes, ela apenas deitou-se na cama ao lado da criança e lá permaneceu até adormecer. A missão poderia ficar para o dia seguinte, o tal Brendan poderia esperar.
A chuva não parou, e som das gotas sobre a janela formava uma canção aconchegante para dormir. De certo modo a chuva também trazia seus bons caminhos.


Interligações da Aliança Aventuras

Uma das maiores diversões dos leitores da Aliança Aventuras era encontrar qualquer tipo de interligação discreta entre as fanfictions escritas por diferentes autores e em diferentes períodos.

Em uma pequena curiosidade organizada por nossa equipe, decidimos colocar nossos cérebros para trabalhar e citarmos aqui todas as interligações que foram colocadas no papel, isso sem contar todas aquelas que ficaram nos planos e não chegaram a acontecer. Até a presente data tivemos 17 fanfictions iniciadas, algumas que duraram mais e receberam maior carinho por parte dos autores, e outras que praticamente não saíram dos capítulos iniciais.

Nesta única postagem você encontra todas as interligações que já fizemos na Aliança Aventuras, desde as mais trabalhadas até as mais discretas descrições. E você? Lembrava-se de todas essas, ou tinha algumas aqui que você nem fazia ideia? Será que com o tempo teremos outras fanfics a fazerem parte deste círculo? Continuem de olho!

O Arco dos Regis
Regiões participantes: HOENN e SINNOH

O Arco dos Regis envolve a história destas lendas perdidas, desde o envolvimento da Elite dos 4 e do campeão Steven em uma batalha contra influentes pesquisadores da Corporação Devon até as explicações sobre como os lendários Registeel, Regice e Regirock vieram parar na região de Sinnoh. Em uma das melhores e mais bem trabalhadas sagas do Aventuras em Hoenn. Sinnoh participa trazendo Ike Smithsonian antes mesmo de tornar-se campeão, e os líderes Candice e Roark que mantiveram os golens sob controle em uma região desconhecida para que eles não mais caíssem em mãos erradas.


Onde encontrar as citações?

→ O Despertar das Lendas Perdidas Capítulo 45, 46, 47, 48, 49 e 50 (Aventuras em Hoenn - INDISPONÍVEIS.)
→ O Arco de Snowpoint - Capítulo 70, 71, 72 e 73 (Aventuras em Sinnoh)
→ Stone Flower (A Gym Leader's Life)

-----------------------------------------------------

O Romance de Cynthia e Steven
Regiões participantes: HOENN e SINNOH
Cynthia e Steven sempre foram dois personagens muito amados na franquia, e o desejo de reuni-los em fanfics veio desde muito antes da própria Aliança Aventuras surgir, quando Canas já escrevia histórias sobre o casal. Mais tarde, Hoenn e Sinnoh decidiram por criar capítulos que os unissem, trazendo à tona um possível relacionamento do casal que apesar da distância manteve-se firme e foi muito apreciado.

Onde encontrar as citações?
→ Endless Dream (A Gym Leader's Life)
→ A versão de Hoenn nunca foi lançada, supostamente seria a Parte 1, onde Cynthia e Steven iriam se conhecer antes mesmo de se tornarem campeões.


-----------------------------------------------------

O Regice de Candice
R
egiões participantes: KALOe SINNOH
Em um antigo projeto de Haos Cyndaquil, intitulado Ice Dreams, é explicado um pouco mais sobre Candice e seu passado, assim como relacionamentos amorosos e sua vida como líder. A short-fic chegou a ser postada na extinta Arena Pokémon. Apesar da fanfic não ter sido escrita pelo autor de Sinnoh, Canas concordou que a história e o enredo poderia muito bem ser conectado com o mesmo universo da Aliança Aventuras.

Onde encontrar as citações?
→ Ice Dreams (Originalmente postada na Arena Pokémon, que infelizmente foi excluída. Mas alguns capítulos ainda podem ser encontrados no Ethron Adventures com um pouco de trabalho se você visualizar as postagens antigas).



-----------------------------------------------------

O Arco dos Clones

Regiões participantes: KANTO, JOHTOHOENNILHAS LARANJA SINNOH
Em uma das interligações mais bem aclamadas da Aliança Aventuras, o Arco dos Clones começou como um erro cometido por Shadow Zangoose, de Hoenn, que criou um Torchic que conhecia o movimento Leer que não pode ser aprendido de maneira alguma.

O golpe errado logo causou revolta entre os leitores, mas o autor encontrou a saída em dizer que o Pokémon havia sido clonado, o que gerou ideias para que Kanto logo iniciasse um projeto relacionado ao assunto envolvendo os Rockets e Mewtwo. Mais tarde, o evento tomou força com a Grande Criação de Sinnoh, onde 10 Pokémons clonados enfrentaram os Fire Tales em um dos arcos favoritos do público. Como cada região possuía a diferença de cerca de um ano, praticamente todas as outras fanfics trouxeram ou planejaram trechos que de alguma maneira se conectariam com o plano maligno dos Rockets até seu fim efetivo na região de Sinnoh. E pensar que tudo começou com um Torchic que aprendeu Leer!


Onde encontrar as citações?
→ O Arco dos Clones - Capítulo 51, 52, 53, 54, 55, 56, 57, 58, 59 e 60 (Aventuras em Sinnoh)
→ Os capítulos perdidos de Kanto, Johto, Hoenn e Ilhas Laranja não estão mais disponíveis.


-----------------------------------------------------

Eleanor, a Pinsir

Regiões participantes: ILHAS LARANJA SINNOH
Eleanor, um dos clones gerados pela equipe Rocket, era uma Pinsir que vivia na região das Ilhas Laranja. Ela foi capturada por Lúcia em sua jornada, e em uma das fugas da personagem da base dos Rockets ela viria a ficar para trás para protegê-los, sendo então capturada pelos ladrões e usada em experimentos. Após ser derrotada pelos Fire Tales, Eleanor viria a ser liberta, iniciando então sua própria jornada atrás de sua antiga dona. A personagem conquistou muito carinho dos leitores e chegou a fazer aparições discretas em outros capítulos de Sinnoh.

Onde encontrar as citações?

→ Capítulo 53, 59 e Interlúdio III (Aventuras em Sinnoh)
→ Capítulos perdidos das Ilhas Laranja.


-----------------------------------------------------

Beliel, o Houndoom de Ethan
Regiões participantes: JOHTO (de Marina Bacchini)
Beliel, o famoso Houndoom da Grande Criação, havia sido cotado para ser um Pokémon de Ethan no Aventuras em Johto, assim como Neon Photorine, a Lanturn, também pertenceria de algum personagem. Provavelmente Archie seria o verdadeiro dono de Beliel, mas o Pokémon acabaria indo para as mãos de Ethan, ainda que um clone já estivesse sendo trabalhado, e que mais tarde daria origem ao Beliel que conhecemos em Sinnoh. Todavia, são apenas especulações. Nada nunca foi confirmado ou de fato colocado em prática.

Onde encontrar as citações?
→ Conversas por e-mail com a autora. A ideia nunca chegou a ser colocada em prática.

-----------------------------------------------------

A Família dos Keener
Regiões participantes: UNOVA SINNOH
A família dos Keener foi uma discreta interligação com a arquitetura da região. O autor de Unova planejava que o nome completo de Hilda fosse Hilda Keener, e tal sobrenome é citado no Capítulo 83 de Sinnoh como sendo uma famosa família responsável pela construção e planejamento da cidade de Sunyshore.

Onde encontrar as citações?
→ Capítulo 83 (Aventuras em Sinnoh)


-----------------------------------------------------


Grandes Coordenadores
Regiões participantes: SINNOH, KANTO e HOENN
Ao chegarem no Contest Hall, Luke, Lukas e Dawn fazem menção a antigos top coordenadoers. como Brendan Crowley (Hoenn, de Shadow Zangoose), Lyra Elm (Johto, de Little Celeby) e Cyntia Hawking (Kanto, de Lino New).

Onde encontrar as citações?
→ Capítulo 22 (Aventuras em Sinnoh)

-----------------------------------------------------

Kyle e Lins
Regiões participantes: SINNOH
Kyle e Lins, dois membros da Elite 4 de Sinnoh, nasceram em Kanto e Johto. Todavia, tal fato nunca foi explorado em nenhuma das histórias, mas ao menos explicava o motivo de ambos possuírem Pokémons das respectivas regiões.

Onde encontrar as citações?
→ Capítulo 20 (Aventuras em Sinnoh)

-----------------------------------------------------

Fantina e Juan... Tendo um romance?
Regiões participantes: HOENN e SINNOH
Através de uma corrente no facebook iniciada por Jean Marcos, foi pedido que uma história fosse criada para que a empacada da Fantina tivesse um romance, e seu par escolhido foi Juan, o líder aquático francês de Hoenn. Um capítulo realmente chegou a ser escrito por Canas e Shadow, os dois entraram no MSN (que ainda existia na época) e tentaram criar uma conversa incorporando os personagens. O resultado foi desastroso e o capítulo hoje é guardado em quarentena.

Onde encontrar as citações?
→ No inferno. Que esse episódio perdido do A Gym Leader's Life seja queimado e caia no esquecimento para nunca ser encontrado por mais ninguém!

-----------------------------------------------------

Roxanne, a Professora de Roark
Regiões participantes: HOENN e SINNOH
No episódio Stone Flower, estrelado por Roark e Gardenia, há uma participação especial dea líder de ginásio Roxanne, que se intitula professora de Roark nos tempos em que o rapaz ainda não havia se tornado líder. Aparentemente, a mulher também guardava alguns sentimentos pelo pupilo.

Onde encontrar as citações?
→ Stone Flower (A Gym Leader's Life)

-----------------------------------------------------

Volkner e Elesa
Regiões participantes: SINNOH e UNOVA
É contado um pouco mais do passado de Volkner e Elesa, um projeto que foi durante muito tempo planejado entre Canas e Sui, mas que nunca saiu do papel. Mais tarde, incentivado por uma leitora, Canas seguiu com a ideia e trouxe um especial sobre dois dos líderes mais amados de suas regiões.

 Onde encontrar as citações?
 Random Access Memories (A Gym Leader's Life)

-----------------------------------------------------

Volkner e Jasmine
Regiões participantes: SINNOH e JOHTO
Ao mesmo tempo em que Canas pretendia fazer uma fanfic com Sui envolvendo Volkner e Elesa, havia também o plano de trazer algo entre o líder elétrico e Jasmine, da região de Johto. Havia o intuito de que o especial fosse feito junto de Marina Bacchini,  os dois conversaram sobre a ideia algumas vezes, e Marina chegou a dizer o tema que gostaria que fosse tratado: Arte. Canas escreveu o capítulo especial em sua homenagem, mas nunca mais obteve resposta.

 Onde encontrar as citações?
 A Tourist in a Dream (A Gym Leader's Life)

-----------------------------------------------------

Walter Wallers Vs. Julie Não-lembro-o-Resto
Regiões participantes: SINNOH e UNOVA
Em um dos especiais mais aclamados de Sinnoh, o até então campeão Walter Wallers é visto enfrentando uma mulher que possuía um Magmortar e um Serperior em sua equipe. O nome dessa mulher era Julie, e ela se revela sendo mãe de Hilbert, na primeira Unova da Aliança Aventuras. Com tantas mudanças no roteiro da região, Julie tornou-se apenas uma desafiante comum, mas apesar disso esta interligação foi uma das primeiras feitas na época.

 Onde encontrar as citações?
 Ex-Elite 4: O Fim de um Legado (Parte 1 - Learning)

-----------------------------------------------------

As Primas de Azalea
Regiões participantes: JOHTOHOENNILHAS LARANJA, SINNOH e KALOS
"Essa turminha do barulho veio para aprontar de montão na sua Sessão da Tarde!" Famosas por serem garotas histéricas, com hábitos esquisitos e sempre amadas pelos fãs, foi na região de Sinnoh que as famosas Primas de Azalea ganharam força. Não demorou para que todas as regiões da Aliança Aventuras tivesse apenas uma Prima de Azalea que podia ser facilmente reconhecida por ser muito atraente, treinar insetos ou ser a parte responsável pela comédia durante a fic.

As primas mais famosas que foram citadas são: Vivian Chevalier (Sinnoh), Julia (Ilhas Laranja), Camila (Hoenn, não é uma Prima de Azalea oficial, mas provavelmente uma parente distante), Melody (a primeira prima criada, original do Aventuras em Johto de Little Celeby), a Grande Mestra de Azalea (Aventuras em Johto de Marina Bacchini, nunca teve aparições, mas seria a prima que cuida de todas as demais), Katy Berry (Kalos) e Kate (Almia). Esqueci de alguma?

 Onde encontrar as citações?
 Blow Wind of Life (Support Conversation - Sinnoh)
→ Capítulo 6 (Aventuras em Sinnoh)
→ Capítulo 6 (Aventuras em Kalos)
→ Capítulos Perdidos de Almia, Ilhas Laranja, Johto e Hoenn.

-----------------------------------------------------

Dante, o Blaziken
Regiões participantes: HOENN
Quando Lukas recebeu um ovo Pokémon de Marshall, o jovem deparou-se com o inicial que tanto queria: Um Chimchar. Apesar dos pais dos Pokémons geralmente serem ignorados, é dito que o pai de Lyndis devia ser um Blaziken, uma vez que a Infernape conhece o movimento Blaze Kick que só pode ser aprendido via Egg Breed. Canas e Shadow planejaram que o Blaziken de May viria a ser o pai da garota em um possível capítulo especial que nunca aconteceu, mas as ideias permaneceram para uma possível interligação futura.

 Onde encontrar as citações?
 Ficha de Lyndis (Aventuras em Sinnoh)

-----------------------------------------------------

O Talk Show das Ilhas Laranja
Regiões participantes: ILHAS LARANJA
Não houve ideia que interligou mais todas as regiões se não o Talk Show das Ilhas Laranja. Comandada por Thiago, estes especiais trouxeram as participações de personagens como Wiki, Julia e Vivian, o que alavancou mais ainda a atenção para elas. Houveram também episódios voltados para entrevistas com os autores Canas Ominous e Marina Bacchini, com participações especiais de Shiny Suicune.

Onde encontrar as citações?
 Nenhum Talk Show pode mais ser encontrado, foram todos apagados... Mas era hilário!

-----------------------------------------------------

Lukaian, o Herói Dourado
Regiões participantes: RANSEI SINNOH
Por ser um Pokémon Lendário, Paula viveu durante muito tempo e em cada geração apaixonou-se pelo mesmo garoto em épocas diferentes. Lukas era um dos possíveis descendentes de Lukaian, uma reencarnação, ou até mesmo um ancestral. A interligação chegou a ser colocada em prática e foi o motivo da região de Ransei entrar na Aliança Aventuras, mas encontra-se interrompida.

Onde encontrar as citações?
→ Capítulo 73 (Aventuras em Sinnoh)
→ Capítulo 1 (Aventuras em Ransei)

-----------------------------------------------------

A terra Natal de Mikau de Milena
Regiões participantes: SINNOH
Por serem Pokémons atípicos na região de Sinnoh, é dito que Mikau e Milena vieram da região de Hoenn, uma vez que eles estavam em um famoso aquário de Hearthome. Seria este um dos motivos pelos quais os dois são tão afeiçoados ao clima tropical litorâneo?

Onde encontrar as citações?
→ Mikau and Aerus Wonderful Day Off (Support Conversation - Sinnoh)

-----------------------------------------------------

O Dragonite de Lance
Regiões participantes: JOHTO SINNOH
A princípio foi planejado que Seth fosse um clone do Dragonite de Lance. Marina Bacchini chegou em apoiar a ideia, mas o capítulo nunca chegou a ser colocado na prática com o interrompimento da região. Desde então, Seth é visto apenas como o clone de um Dragonite muito poderoso.

Onde encontrar as citações?
→ Conversas por e-mail com a autora.


-----------------------------------------------------

A Mãe de Red
Regiões participantes: HOENN KANTO
Em uma de suas apresentações em Hoenn, Angeline menciona uma famosa mulher que é revelada como a mãe do Red, uma das primeiras Top Coordenadora da região de Kanto, escrita por Jean Marcos.

Onde encontrar as citações?
→ Capítulos Indisponíveis.

-----------------------------------------------------

A Terra Natal de Dawn
Regiões participantes: HOENN SINNOH
É dito que os pais de Dawn vieram de Hoenn, logo, Milady, Isaac, Malbora, Atros e Magnum também são nativos dessa região, uma vez que alguns desses Pokémons não podem ser encontrados em Sinnoh. Mais tarde todos eles entram para a equipe da protagonista, apesar de alguns dos Pokémons dos pais de Dawn terem desaparecido após um acidente no mar. Dawn morava na ilha de Dewford.

Onde encontrar as citações?
→ Sadness Orchestra (Parte 1 - Bolero of Sorrow)

-----------------------------------------------------

Rockets em Ação
Regiões participantes: HOENNILHAS LARANJA JOHTO
Uma reunião entre Maxie e Thabita com Ariana e Archer. Os administradores e líderes das facções iniciam uma reunião de negócios, onde os Magmas cediam alguns Pokémon nativos de Hoenn para os Rockets em troca das tecnologias deles. A interligação também teve muito impacto nas Ilhas Laranja, onde Ariana atuava.

Onde encontrar as citações?
→ Capítulo 29 - Aliados da Sombra (Aventuras em Hoenn)
→ Capítulos Perdidos.

-----------------------------------------------------

Yellow Rescue Team [Bônus]
Regiões participantes: ETHRON SINNOH
Apesar da fanfic Ethron Adventures não fazer parte direta da Aliança Aventuras, sempre houveram pequenas homenagens discretas na fanfic escrita por Haos Cyndaquil. No Prólogo de um dos especiais, há uma citação da Fire Tales: "E daí? Os Fire Tales, aquele grupo de Sinnoh construiu uma guilda ambulante há alguns anos." E no Capítulo 1, menciona-se um rapaz chamado Karl que vendia ervas.

Onde encontrar as citações?
→ Prólogo - Reunião (Ethron Adventures)
→ Missão 1 - Perdidos! (Ethron Adventures)


-----------------------------------------------------

A Infância de Ben
Regiões participantes: OBLIVIA HOENN
É contada a história de Ben e a relação com seu pai em seus tempos na terra natal, a região de Hoenn. Seu pai, um renomado professor da Ranger School, se muda para Almia após se divorciar e é apresentada a obtenção de seu Tropius.

Onde encontrar as citações?
→ Capítulos Perdidos de Hoenn

- Copyright © 2011-2017 Aventuras em Sinnoh - Escrito por Canas Ominous (Nícolas Eroles) - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -