Archive for December 2013

Seth


"Não carrego atos heroicos e a honra desses feitos, sou apenas um experimento articulado como um imenso sucesso. [...] Peço-lhe perdão, não sou quem você desejaria que fosse." — Seth, Capítulo 55.

Seth é um Dragonite, e o Número 10 na contagem da extinta Grande Criação dos Rockets, sendo considerado a clonagem suprema e uma das maiores Lendas do Mundo Pokémon. Enfrentou e derrotou Aerus Draconeon e Watt Fuarrint na Ilha de Ferro, mas terminou que sua guilda, a Clony, foi completamente destruída. Vendo a oportunidade de recomeçar como um ser novo e diferente, Seth uniu-se à Fire Tales para participar do Torneio de Guildas e fornecer ajuda com seus poderes, uma vez que o pequeno Pachirisu foi quem abriu seus olhos para enxergar além do que tudo aquilo que ele julgava saber e ser imutável. Seth continua seu percurso onde segue em uma busca sem fim um sentido para sua existência.

Dizem as lendas que Seth já era um Dragonite famoso em tempos antigos e regiões precursoras. Ganhou repercussão por ser um guerreiro de escamas tão duras e brilhantes quanto uma armadura dourada, a cabeça era resistente e cintilante como um elmo de ouro, e as asas que sopravam como um furacão. É considerado como uma lenda para os humanos e um herói para os Pokémons da raça dos Dragões. Símbolo de honra, poder e glória; Seth é considerado um dos dragões pioneiros de Kanto, foi o primeiro a ser considerado uma criatura mitológica, sendo que o tempo e sua juventude eterna apenas lhe deram um maior renome tornando-o um ícone para os mais jovens guerreiros e símbolo de supremacia de para os mais experientes.

• MOVESET •

Seth pode golpear seus inimigos com seu próprio braço direito que se transforma em uma espada para combate. O Dragon Dance e o Outrage são como um registro dos dragões, tanto que foi ele quem conceituou ambas as técnicas. O ExtremeSpeed é um de seus principais ataques, dando-lhe a velocidade para atacar sem que seus oponentes sequer saibam de onde veio o golpe. Também pode fazer uso de suas asas para voar e derrubar inimigos. Seth é um guerreiro imprevisível, de dura resistência e poderes antigos conhecidos somente pelos mais sábios.

~ Outrage
~ ExtremeSpeed
~ Superpower
~ Dragon Dance

• FIRE TALES •


Seth é a figura exemplar para todos os dragões do mundo Pokémon, um exemplo, um ícone, um símbolo, um herói. Ele possui a bravura de um guerreiro da Velha Geração com a audácia da Nova, têm a imortalidade dos dragões e força que nenhum outro pôde beirar até então. Quando Aerus era apenas um Gible e morava nos arredores da Wayward Cave ele já o considerava seu maior ídolo, e ao deparar-se com Seth pela primeira vez foi uma imensa surpresa para o dragão, mesmo que esta versão de Seth fosse apenas um clone e não o real. Após tanto tempo, Seth ainda mantém traços de sua juventude, mas sua inteligência não se compara ao conhecimento amador e limitado de Aerus.

Seth sempre foi um guerreiro honrado, e procura resolver seus problemas da maneira mais apta e favorecedora a ambos os lados. Sua potência total é destruidora, mas ele segurou-se para não usar tudo que tinha contra Aerus na primeira vez que lutaram. Sua presença na Fire Tales repercutiu muito nos ouvidos do mundo, e mesmo que Aerus não o tenha aceitado completamente as reais intenções do Dragonite é estar lá para ajudar Watt Fuarrint, como o pedido de um amigo. Nunca se sabe quando Seth pode ir embora ou voltar, é um guerreiro imprevisível, uma lenda que é contada por muitos, mas que ninguém sabe quem a começou.

"Eu o reconheceria em qualquer lugar, você é um ídolo para a raça dos dragões, o pioneiro e detentor de poder inigualável, o guerreiro supremo das batalhas, o herói das histórias de minha infância! Seth, é mesmo o senhor. Não acredito que encontrei um dos primeiros dragões de nossa Era...!" — Aerus, Capítulo 55.

"Nossa função nesta terra não se limita à nossa existência, não tente explicar o sentido das coisas. Elas simplesmente seguem seu próprio rumo, perfeito e imutável." Seth, Interlúdio III.

"Não abandone a sabedoria, e ela protegerá você. Ame-a, e ela lhe dará segurança. Para ter a sabedoria é necessário primeiro pagar o seu preço; abrace-a, e será respeitado. A sabedoria fará com que andes pela luz da aurora, mas a ignorância o fará cair sem saber no que tropeçou." Seth, Interlúdio III.

Primeira Aparição e Evoluções na História
  • Foi capturado no: Capítulo Indefinido, durante os Seis Meses.
  • Evoluiu para Dragonair no: Capítulo Indefinido. 
  • Evoluiu para Dragonite no: Capítulo Indefinido.
Batalhas e Cenas Importantes de Seth
Support Conversations e Episódios dos FT Importantes com Seth
Imagens do Artbook

 

Respeito e Lealdade


Antigos Companheiros de Guilda


   

Soundtrack
Seth's Theme - Viva La Vida (Coldplay)

"Eu costumava dominar o mundo
Oceanos se abriam quando eu ordenava
Agora pela manhã durmo sozinho
Varro as ruas que já foram minhas

[...]
Foi o vento cruel e selvagem que
Derrubou as portas para me deixar entrar
Janelas estilhaçadas e o som de tambores
O povo não podia acreditar no que eu havia me tornado

[...]
Por algum motivo que não sei explicar
Desde que você se foi, nunca mais houve
Nunca houve uma palavra honesta
Isso foi quando eu domin
ava o mundo"


• HISTÓRIA •

Há cerca de 5 anos a facção passou a dar os retoques finais em seus projeto de clonagem com o DNA contido do raro Mew, iniciado há décadas e inúmeras vezes desconstituídos nesse percurso. Após o sucesso e fracasso aparente envolvendo a criação do Mewtwo, os Rockets passaram a continuar suas atividades em outros continentes, começaram nas Ilhas Laranja, passaram por Johto, Hoenn, e por fim chegaram à Sinnoh; mas conforme os anos se passaram a facção cada vez mais perdeu  força, e devido a uma falha ocorrida em sua principal base de Kanto as atividades tiveram de ser suspensas e ocultadas por um tempo. Deu-se início à inúmeras pesquisas que tinham como principal intuito a criação de um Pokémon perfeito, de um Pokémon cuja aparência e personalidade fossem idênticas à sua forma original, uma clonagem que nunca fora sucedida até então.

Dizem que é impossível um Rocket tê-lo capturado, e por algum meio os criminosos foram capazes de colher seu DNA e dar início à um processo a longo prazo para a criação de uma clonagem idêntica à sua forma original, e que ainda tivesse a mesma força e sentimentos de sua postura verdadeira. Um Dragonite foi clonado e todas as lembranças foram atingidas com sucesso, porém, a partir deste ponto sua sabedoria também soube reconhecer os planos malignos dos Rockets, e por conta disso o Pokémon clonado começou a agir por conta própria sem receber ordens dos humanos. Era um sucesso para a ciência, mas uma falha crítica para os Rockets. O único objetivo de Seth era destruir a sua forma verdadeira e ser o único existente, porém, após seu encontro com Watt e Aerus na Ilha de Ferro ele passou a reconsiderar seus objetivos e perguntar-se o motivo de sua real existência. Sua primeira emoção foi o sentimento de ser Perfeito, mas a partir do momento que enfrentou os líderes dos Fire Tales seu maior desejo foi tornar-se Diferente.


TRIVIA
  • O nome Seth é muito famoso na família do autor, todos os treinadores dos jogos Pokémon de Litos tiveram esse nome. Segundo as lendas contadas sobre a vida do velho Canas, ele e Litos batalharam uma única vez, (na época que inclusive ainda se usava cabo link, vocês já usaram um?) e Seth era o nome do treinador responsável por derrotá-lo. Pouco depois Litos deixou de jogar os games de Pokémon, justamente quando Canas aprendeu a treinar suas criaturinhas e criou uma equipe imbatível para sua revanche contra a irmã. Portanto, o personagem Seth ganhou a reputação de invencível, uma vez que Canas não poderia mais enfrentá-la e reconquistar sua honra como treinador, assumindo assim o título de eterno perdedor #truestory;
  • O sombreado e a colorização digital do Pokémon foram feitos por Litos, enquanto a aparência foi  primeiramente elaborada por Canas;
  • Antes do nome oficial tornar-se Seth os nomes previstos para o personagem seriam Ancalagon, Glaurung ou Smaug, três dos grandes dragões da Terra Média, da franquia O Senhor dos Anéis;
  • Seth foi o segundo personagem dA Grande Criação a ser criado, o esboço de seu desenho foi feito no sofá;
  • Supostamente, as linhas na armadura de Seth formariam a letra "R" de Rocket;
  • O golpe em que Seth levanta o braço e corta o ar na mesma potência de uma espada assemelha-se à Excalibur de Shura, do desenho Cavaleiros do Zodíaco.

Awards & Nominations

Seth recebeu uma estatueta por sua performance nos Capítulos 55 e 58, na categoria de Melhor Batalha Pokémon da Saga Diamante. O prêmio foi compartilhado também com Aerus e Watt, o que mais tarde o fez retornar para a história na Saga Platina como um dos mais poderosos Pokémons da equipe. Novamente Seth compartilhou o prêmio de melhor Capítulo da terceira temporada.
  • Melhor Batalha Pokémon (Saga Diamante) com Watt e Aerus - Capítulo 55 e 58;
  • Nomeado à Melhor Pokémon Vilão (Saga Diamante);
  • Melhor Capítulo (Saga Platina) com Titânia, Watt, Aerus, Luke Wallers e Ike Smithsonian - Capítulo 99;
  • Nomeado à Melhor Gijinka (Saga Platina);
  • Nomeado à Mister Apelação (Saga Platina);
  • Nomeado à Melhor Batalha no Torneio de Guildas (Saga Platina) com Watt e Cia. - Capítulo 91;
  • Nomeado à Melhores Ilustrações do Mangá (Saga Platina) com Watt, Aerus, Titânia, Marco, Wiki, Mozilla, Vista, Adamantium e iDie - Capítulo 98 e 99.

Fire Tales 37

Quando Você Percebe que Nunca fica Velho
para Certas Coisas

Já era a quinta vez que Watt andava pelos corredores do Salão Central certificando-se de que tudo estava perfeitamente em seu lugar. Aerus o procurava, abria portas e as fechava não encontrando o pequeno em lugar algum, até que pôde avistá-lo caminhando com as mãos para trás e uma certa apreensão no ar.
O dragão correu em sua direção e colocou a mão em seu ombro, fazendo uma pausa rápida para recuperar o fôlego.
— Bola de pelos, tu não vai acreditar no presente que eu trouxe — disse Aerus, animado.
— Presente? — indagou Watt.
O Garchomp retirou do bolso de seu blusão dois ingressos, e depois mais dois, e mais, mais, mais... Não paravam de cair ingressos de seus bolsos, todos meio amassados, mas aparentemente recentes. Watt revelou um sorriso singelo ao perguntar:
— O que é isso?
— Nossa entrada para um parque de diversões muito louco!! Parque só de Pokémons, acredita? Para comemorar o nosso retorno. Nada melhor do que mais uma boa festa com a galera para descontrair antes do fim de ano, não?
Aerus jogou todos os ingressos em cima de Watt que até recuou com o peso.
— P-Parque? Mas Aerus, nossos novos guerreiros... Vão chegar hoje.
— Sério? Pensei que fosse na semana que vem.
— Não, Aerus. É hoje. O Torneio de Guildas é que começa na semana que vem, todos estão se preparando, forjando armas e espadas, treinando seus movimentos e suas magias antigas... E você nos compra ingressos para um parque de diversões.
Aerus fez uma careta, mas depois abanou com a mão.
— Bobeira. As pessoas são sempre muito cheias de regras, obrigações e compromissos. Por isso que a Fire Tales é mais legal! De boas, irmãozinho? Os ingressos já estão comprados, então me ajuda a avisar a cambada para nos encontrarmos nesse endereço dentro de três horas?
— E nossos novos companheiros que estão para chegar? Eu organizei tudo na guilda, não podemos desmarcar! — interferiu Watt, mas Aerus tinha a solução perfeita.
— Chama eles pra virem junto, comprei alguns ingressos a mais, nunca se sabe. Vai que até a Titânia decide aparecer, não vou perder uma volta na roda gigante com ela por nada!
Aerus saiu pulando do salão central, todo contente e saltitante. Watt voltou a olhar para os ingressos, tentando organizá-los. Afinal de contas, não parecia uma má ideia. Ele sabia que depois de seis meses, treinar por mais uma semana era fora de cogitação. Aerus era um bom líder e sabia como não deixar seus guerreiros apreensivos, e aquele momento de descontração seria feito justamente para que todos pudessem relaxar.
— Bem, e por que não?

Beliel's Theme


Demons

Imagine Dragons


When the days are cold
And the cards all fold
And the saints we see
Are all made of gold
When your dreams all fail
And the ones we hail
Are the worst of all
And the blood's run stale
I want to hide the truth
I want to shelter you
But with the beast inside
There's nowhere we can hide
No matter what we breed
We still are made of greed
This is my kingdom come
This is my kingdom come
When you feel my heat
Look into my eyes
It's where my demons hide
It's where my demons hide
Don't get to close
It's dark inside
It's where my demons hide
It's where my demons hide
When the curtain's call
Is the last of all
When the lights fade out
All the sinners crawl
So they dug your grave
And the masquerade
Will come calling out
At the mess you made
Don't want to let you down
But i am hell bound
Though this is all for you
Don't want to hide the truth
No matter what we breed
We still are made of greed
This is my kingdom come
This is my kingdom come
When you feel my heat
Look into my eyes
It's where my demons hide
It's where my demons hide
Don't get to close
It's dark inside
It's where my demons hide
It's where my demons hide
They say it's what you may
'cause say it's up to fade
It's volve in my in my soul
I need to let you go
You eyes they shine so bright
I wanna see that light
I can't scape this now
Unless you show me how
When you feel my heat
Look into my eyes
It's where my demons hide
It's where my demons hide
Don't get to close
It's dark inside
It's where my demons hide
It's where my demons hide

Quando os dias estão frios
E as cartas estão dadas
E os santos que vemos
São todos feitos de ouro
Quando seus sonhos fracassam
E aqueles que clamamos
São os piores de todos
E o sangue corre envelhecido
Eu quero esconder a verdade
Eu quero abrigar você
Mas com a besta dentro
Não há onde possamos nos esconder
Não importa o que alimentamos
Ainda somos feitos de cobiça
Esse é o meu reinado vindo
Esse é o meu reinado vindo
Quando você sentir meu calor
Olhe dentro dos meus olhos
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem
Não se aproxime muito
É escuro por dentro
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem
Quando o fim chama
É termino de tudo
Quando as luzes se apagam
Todos os pecadores rastejarão
Então eles cavarão suas covas
E fingiram
Serão julgados
Pela bagunça que fizeram
Não quero te deixar triste
Mas eu sou destinado ao inferno
Embora tudo seja pra você
Não quero esconder a verdade
Não importa o que alimentamos
Ainda somos feitos de cobiça
Esse é o meu reinado vindo
Esse é o meu reinado vindo
Quando você sentir meu calor
Olhe dentro dos meus olhos
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem
Não se aproxime muito
É escuro por dentro
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem
Eles dizem que isso você pode fazer
Porque dizer é com o destino
Isso se envolve em minha alma
Preciso te deixar ir
Seus olhos brilham tão forte
Eu quero ver a luz
Não posso escapar agora
Apenas que você me mostre como
Quando você sentir meu calor
Olhe dentro dos meus olhos
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem
Não se aproxime muito
É escuro por dentro
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem

Beliel


"Eu ainda estou te ouvindo." Beliel, Capítulo 54.

Beliel é um Houndoom, e o Número 8 na contagem da extinta Grande Criação dos Rockets. Foi o guerreiro incumbido de proteger as prisões da facção, e passou a ser considerado o Carcereiro dos Portões do Inferno pelos soldados, desde prisioneiros até cientistas que o temiam. Beliel cumpre cegamente qualquer obrigação que lhe incumbirem, é um Pokémon extremamente leal que não está disposto a falhar ou deixar de cumprir seus objetivos. Quando encontra um mestre, ele se dedica completamente à esta pessoa, tornando-o uma faca de dois gumes na mão de quem tiver seus poderes. Se por ventura vier a cair em mãos erradas, Beliel tem a força e determinação para caçar e matar qualquer pessoa até os confins do mundo se necessário, mas se seu treinador for justo e tiver um senso de bondade, Beliel torna-se um cão de guarda que jamais permitirá que nada acontece ao seu dono.

Enfrentou Al Capone e Lyndis no Setor Zero, o local reconhecido como o próprio inferno em que os Rockets aprisionavam suas vítimas e nunca mais permitiam que escapassem sob vigilância do Houndoom. Alguns cientistas e Pokémons da facção o chamavam de Hades, o deus da morte na mitologia grega. Sua maldade atroz o tornou símbolo de ferocidade, exterminava suas vítimas de forma cruel sendo considerado a pior punição para os experimentos falhos descartados. Beliel é capaz de consumir fogo para tornar-se mais poderoso, por sorte ele delimitava-se a não sair de sua zona de conforto, cumprindo apenas com as ordens que lhe delimitavam e alimentando-se com o que jogassem para ele.

Após ter sido clonado enfrentou sua verdadeira forma, o Houndoom de Archer. O mais forte teria o privilégio de continuar na facção, e Beliel levou a vitória absoluta exterminando sua versão verdadeira. Era considerado o mais terrível integrante dA Grande Criação.

• MOVESET •

Beliel possui a incrível habilidade Flash Fire que permite absorver fogo e regenerar suas energias. Os golpes Pursuit e Sucker Punch são utilizados para perseguir seu adversário, nunca deixando-os escapar mesmo quando seu treinador pede para que retornem ou ataquem primeiro. Seu corpo pode aquecer-se a ponto de derreter tudo ao seu redor, tal como mesclar-se ao escuro e mover-se sem ser visto por ninguém, nem pelos próprios Pokémons Dark-type. Seu golpe mais poderoso é o Fire Blast, onde Beliel expele uma explosão de fogo mortal.

~ Pursuit
~ Sucker Punch
~ Fire Blast
~ Dark Pulse

• FIRE TALES •

Beliel era considerado um homem violento e orgulhoso, mas descobriu-se que esta nunca foi sua real natureza. Ele é apenas um sujeito solitário e de poucas palavras, que prefere não ser o centro das atenções, mas manter a vigilância de longe para proteger os demais. Ele pode ser cego, mas a ausência da visão realçou todos os seus outros sentidos, e tal recesso deu-lhe a habilidade de poder pressentir até mesmo os mais silenciosos guerreiros. Um de seus maiores anseios era descobrir qual era a real aparência da garota que enfrentou na Ilha de Ferro, e ao saber que poderia sentir e tocar Lyndis pela primeira vez Beliel decidiu por ingressar na Fire Tales.

Possui uma excelente audição e olfato pela falta de sua visão. Beliel é cego, mas após a derrota na Ilha de Ferro foi como se ele retornasse do próprio Inferno com novas habilidades e poderes. Ele descobriu que sua era capaz de enxergar formas e cores em uma realidade alternativa, dando-lhe a capacidade de enfrentar até mesmo inimigos que se movem nas sombras. Com seus poderes de absorver fogo e escuridão, Beliel torna-se praticamente imortal, pois mesmo quando é gravemente ferido de alguma maneira ele é capaz de retornar à vida e curar-se. Substituiu Atomico como o sub-administrador da Clony Guild, tornando-se o braço direito de Seth nas batalhas.

"Obrigado pela oportunidade, menina. 
Obrigado pela segunda chance."  Beliel, Capítulo 59.

"Vocês entraram em meus domínios, e quem pisa no tártaro 
não merece uma segunda chance de sair vivo."  — Beliel, Capítulo 54.


Primeira Aparição e Evoluções na História
Batalhas e Cenas Importantes de Beliel
Support Conversations e Episódios dos FT Importantes com Beliel
Imagens do Artbook


Respeito e Lealdade

       
Rivalidades
      

Soundtrack
Beliel's Theme - Demons (Imagine Dragons)

"Quando você sentir o meu calor
Olhe nos meu olhos
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem
Não se aproxime muito
É escuro aqui dentro
É onde meus demônios se escondem
É onde meus demônios se escondem"

• HISTÓRIA •

Nativo de Johto, Beliel era o cão de guarda do próprio Archer, executivo da renomada facção dos Rockets. Há cerca de três anos houve um terrível acontecimento em que Beliel estava envolvido, e após uma tensa batalha contra um treinador poderoso o cão veio a perder a visão. Disposto a dar uma segunda chance para  a criatura, o próprio Archer veio a oferecê-lo como cobaia para os experimentos. A clonagem foi um sucesso, mas a visão não pôde ser devolvida ao clone, mas com a rápida recuperação o Houndoom criado conseguiu facilmente adaptar-se a ambientes escuros e veio a desenvolver o faro e a audição três vezes melhor do que os de sua raça. Apesar da clonagem, Beliel tornou-se audacioso e voraz e não admitiu ser dominado por mais ninguém, nem mesmo por Archer. 

Beliel teve de ser afastado da facção e até mesmo dos humanos e Pokémons. Foi preso dentro da própria base onde começou a construir seu império, sendo chamado por muitos de "o Senhor dos portões do Tártaro", sua moradia. Seu orgulho fez com que perdesse a consciência do certo e do errado, os humanos haviam tirado sua visão, e por conta disso ele quis eliminar todos que adentravam seus domínios, devorando-os com brutalidade ou consumindo-os pelo fogo sem misericórdia. Era um Pokémon temido por seus próprios criadores, e apesar da clonagem ser considerada um sucesso, tornou-se indomável até que encontrou alguém mais poderoso para domesticá-lo. Sua primeira emoção foi o Orgulho.

TRIVIA
  • Beliel teve a personalidade e a aparência criada por Litos;
  • A idade de sua aparência final é de 27 anos;
  • Seu nome deriva da mitologia cananita, Beliel é citado como um dos demônios da Goetia, símbolo da arrogância e da loucura, o oposto a luz;
  • Os acontecimentos e ocorridos que rodam as aparições de tal personagem têm diversas referências ao inferno da mitologia grega. Beliel é como o parceiro de Neon, ambos são tachados como guardiões de zonas de eterno tormento e sofrimento. Quando os Rockes descartam uma clonagem mal feita eles a enviam para as mãos de Beliel como forma de extermínio dos experimentos sem uso. Por conta disso seus domínios foram tachados como o próprio Tártaro, o oposto aos Campos Elísios. Caso eles não sejam enviados para as prisões de Beliel, são enviados para o Rio do Infortúnio, afluente do Rio Estige localizado no Mundo dos Mortos na mitologia grega. É onde Neon Photorine reside como a barqueira infernal;
  • Beliel é uma referência ao cão do inferno, Cérbero (Em grego, Kerberus: Demônio do Poço). Na mitologia grega é Cérbero quem guarda os portões do reino subterrâneo dos mortos, deixando as almas entrarem, mas jamais saírem. No caso de Beliel ele é como um Cérbero livre, autônomo e sem obrigações, ele não permite nem que entrem e nem que saiam das prisões. Por conta disso estimava-se que exista uma outra entrada para as prisões dos Rockets, que não seja passando por sua vigilância incansável;
  • O item Blinker não pode ser encontrado nos jogos. Seus atributos seriam o seguinte: Boosts accuracy if the Pokémon is blind;
  • Os Houndoom só aprendem o golpe Sucker Punch por meio de Breeding. Por ser um Pokémon clonado, não importava qual fossem seus ataques, Beliel poderia aprender todos independente de quem fossem os seus pais. É como se ele fosse um Pokémon feito por meio de Cheats e Game Shark nos jogos.

Awards & Nominations

Beliel foi o vencedor da categoria de Melhor Pokémon Vilão da Saga Diamante, derrubando até mesmo seus superiores dA Grande Criação, Seth e Atômico. Ganhou também a enquete de Pokémon favorito no Arco dos Clones, com 86 votos.
  • Melhor Pokémon Vilão (Saga Diamante);
  • Nomeado à Melhor Soundtrack (Saga Platina) com Demons;
  • Nomeado à Pokémon Revelação (Saga Platina);
  • Nomeado à Melhor Batalha Contra os Remarkable Five (Saga Platina) com Aerus, Coffey, Jade, Yoshiki, Bonna Party e Davy Jones - Capítulo 97.
  • Nomeado à Melhor Batalha no Torneio de Guildas (Saga Platina) com Watt e Cia. - Capítulo 91.

- Copyright © 2011-2017 Aventuras em Sinnoh - Escrito por Canas Ominous (Nícolas Eroles) - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -